Seleccione Edição
Login

Aparece uma pichação de Kiss em escultura do século XII na catedral de Santiago de Compostela

O desenho, em cor azul, simula a maquiagem usada pela banda de rock, cujo nome também foi pintado

Figura da Catedral de Santiago pichada em um ato de vandalismo.
Figura da Catedral de Santiago pichada em um ato de vandalismo. Europa Press

Apenas uma semana após a apresentação da fachada renovada do Pórtico da Glória —após cinco anos de intervenção cuidadosa que lhe permitiu recuperar suas cores originais— uma das figuras na fachada dos Ourives da catedral de Santiago de Compostela aparece pichada: uma escultura do século XII localizada no fundo de uma das colunas de mármore.

Trata-se de um ato de vandalismo: a inscrição do nome do grupo de rock Kiss e o rosto simulando a singular maquiagem do baterista do grupo, Eric Singer.

"IMPORTANTE DIVULGAR, POR FAVOR. A Catedral de Santiago é Patrimônio da Humanidade. Pertence a todos. Essas pichações, além de uma falta de respeito o civismo, são CRIME. Ajude-nos a encontrar os culpados".

O prefeito, Martiño Noriega, lamentou o ato de vandalismo destacando que a cidade, Patrimônio da Humanidade, caracteriza-se por ser “tolerante e aberta ao mundo”. “Os vizinhos e vizinhas estamos muito orgulhosos disso”, afirma Noriega em sua conta de Twitter destacando que, no entanto, “sim que somos intolerantes” com acontecimentos como este. “Se atacam nosso patrimônio, atacam a todos nós”, conclui o governante.

No mesmo sentido pronunciou-se o responsável de Cultura da cidade, Román Rodríguez, lamentando o que chamou de "ato de incultura e barbárie patrimonial", anunciado que serão ativados todos os mecanismos para localizar "o autor desta autêntica barbárie".

Por enquanto, as autoridades estão revisando as câmeras de vigilância da zona para averiguar se registraram o momento do ato de vandalismo.

A Catedral denunciou a pichação à polícia e às autoridades de Patrimônio e agora espera que os técnicos responsáveis intervenham para analisar o material usado na pichação e, assim, utilizar o tratamento mais adequado para removê-la. 

MAIS INFORMAÇÕES