Criança de Taiwán tropeça e estraga um quadro de 1,5 milhão de dólares

O quadro, do italiano Paolo Porpora, está exposto em Taiwán e tem 350 anos A obra pertence a uma coleção privada e está assegurada

O tropeço de um jovem taiwanês de 12 anos provocou, neste fim de semana, um prejuízo de 1,5 milhão de dólares no quadro Flores, do artista Paolo Porpora, criado em 1660 e exibido em um museu da cidade de Taipei. No vídeo, que foi difundido pelos organizadores da exposição, o jovem é visto passeando com um refrigerante na mão até que tropeça e se apoia acidentalmente na obra. A agência de notícias Focus Taiwán afirma que os organizadores da exposição não denunciarão à família do menor já que a obra, que pertence a uma coleção privada, está completamente assegurada.

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: