Seleccione Edição
Login
Pessoas caminham em frente a edifícios em chamas, em Duma (Síria).
Pessoas caminham em frente a edifícios em chamas, em Duma (Síria). EFE
10 fotos

Os ataques noturnos em Guta Oriental, na Síria, em imagens

O Observatório Sírio de Direitos Humanos garante que ao menos 37 pessoas morreram com os bombardeios de aviões não identificados. Outras sete mulheres faleceram pelo impacto dos foguetes

  • Ao menos 44 pessoas morreram na noite de sábado após bombardeios e disparos de artilharia contra diferentes partes de Guta Oriental, o principal feudo da oposição ao regime Assad nas periferias de Damasco e alvo de uma ofensiva do Exército sírio, apoiado pela Rússia, segundo ativistas.
    1Ao menos 44 pessoas morreram na noite de sábado após bombardeios e disparos de artilharia contra diferentes partes de Guta Oriental, o principal feudo da oposição ao regime Assad nas periferias de Damasco e alvo de uma ofensiva do Exército sírio, apoiado pela Rússia, segundo ativistas. EFE
  • O Observatório Sírio de Direitos Humanos destacou que ao menos 37 pessoas perderam a vida devido aos bombardeios de aviões não identificados em Arbín. Outras sete mulheres faleceram pelo impacto de foguetes.
    2O Observatório Sírio de Direitos Humanos destacou que ao menos 37 pessoas perderam a vida devido aos bombardeios de aviões não identificados em Arbín. Outras sete mulheres faleceram pelo impacto de foguetes. EFE
  • Um total de 82 pessoas morreram ao longo deste sábado em Guta.
    3Um total de 82 pessoas morreram ao longo deste sábado em Guta. AFP
  • Depois de meia-noite entrou em vigor um cessar fogo entre as forças do Governo e da oposição.
    4Depois de meia-noite entrou em vigor um cessar fogo entre as forças do Governo e da oposição. EFE
  • Atualmente há três redutos em poder de organizações islamistas em Guta Oriental: a cidade de Duma, Harasta e uma zona no sul que engloba Arbín, Ain Tarma, Zamalka, Haza, entre outros.
    5Atualmente há três redutos em poder de organizações islamistas em Guta Oriental: a cidade de Duma, Harasta e uma zona no sul que engloba Arbín, Ain Tarma, Zamalka, Haza, entre outros. EFE
  • O Observatório disse esperar que a evacuação de combatentes e civis de Harasta continue, em aplicação do acordo alcançado com as autoridades sírias.
    6O Observatório disse esperar que a evacuação de combatentes e civis de Harasta continue, em aplicação do acordo alcançado com as autoridades sírias. EFE
  • Pessoas foram evacuadas em ônibus e ambulâncias até a província central de Hama, de onde seguirão até a vizinha região de Idleb, dominada quase totalmente por grupos vinculados a Al Qaeda.
    7Pessoas foram evacuadas em ônibus e ambulâncias até a província central de Hama, de onde seguirão até a vizinha região de Idleb, dominada quase totalmente por grupos vinculados a Al Qaeda. EFE
  • Pessoas usam terra para apagar um incêndio em Duma (Síria), em 23 de março de 2018.
    8Pessoas usam terra para apagar um incêndio em Duma (Síria), em 23 de março de 2018. EFE
  • Várias pessoas tentam apagar o fogo de um edifício em Duma (Síria), em 23 de março de 2018.
    9Várias pessoas tentam apagar o fogo de um edifício em Duma (Síria), em 23 de março de 2018. EFE
  • Um homem tenta apagar o fogo em um edifício de Duma (Síria), em 23 de março de 2018.
    10Um homem tenta apagar o fogo em um edifício de Duma (Síria), em 23 de março de 2018. AFP