Seleccione Edição
Login
Isadora Williams patinação artística
A patinadora brasileira Isadora Williams. AFP
11 fotos

Isadora Williams leva o Brasil à inédita final na patinação artística em PyeongChang

Filha de uma brasileira e um norte-americano, atleta volta à arena de gelo na próxima quinta-feira, 22 de fevereiro. Ela é a primeira sul-americana a conquistar uma vaga na final da modalidade, ao se classificar na 17ª posição entre as 30 participantes do programa Curto

  • Isadora Williams patinação artística
    1Ao som de 'Hallelujah', canção de Leonard Cohen interpretada por K. D. Lang, a atleta brasileira Isadora Williams se apresentou na manhã desta quarta-feira na arena de Gangneung, na Coreia do Sul, e garantiu uma vaga na final da patinação artística (programa Curto) dos Jogos Olímpicos de Inverno REUTERS
  • Isadora Williams patinação artística
    2Aos 22 anos, Isadora é filha de mãe brasileira e pai norte-americano e nasceu em Marietta, nos EUA, mas possui dupla cidadania. Essa foi a segunda vez que a atleta defendeu o Brasil nas Olimpíadas de Inverno: sua estreia foi em 2014, em Sochi, aos 18 anos REUTERS
  • Isadora Williams patinação artística
    3Essa é a primeira vez que uma atleta sul-americana passa para o programa Longo da patinação artística nos Jogos Olímpicos. Isadora ficou com a 17ª colocação entre as 30 participantes AFP
  • Isadora Williams patinação artística
    4Isadora Williams arrancou aplausos na Gangneung Ice Arena, na noite desta terça-feira (horário brasileiro), manhã de quarta no horário da Coreia do Sul REUTERS
  • A estreia da atleta brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014, não teve final feliz: ela terminou em último entre as 30 adversárias do programa Curto da patinação: "Eu precisava apagar a decepção de Sochi. Foram três anos de muito sacrifício. Estou me sentindo muito mais leve", disse, em entrevista publicada no site do COB.
    5A estreia da atleta brasileira nos Jogos Olímpicos de Inverno, em 2014, não teve final feliz: ela terminou em último entre as 30 adversárias do programa Curto da patinação: "Eu precisava apagar a decepção de Sochi. Foram três anos de muito sacrifício. Estou me sentindo muito mais leve", disse, em entrevista publicada no site do COB. AFP
  • Isadora Williams patinação artística
    6Isadora Williams volta à arena de gelo na próxima quinta-feira, 22 de fevereiro, quando participa pela primeira vez de uma final do Programa Longo dos Jogos Olímpicos de Inverno PyeongChang. Dessa vez, a brasileira se apresentará ao som de um tango AFP
  • A atleta fez história ao obter a nota 55,74 e avançar à final das Olimpíadas de Inverno na Coreia do Sul. A primeira colocada foi a russa Alina Zagitova, de 15 anos, com 82.92 pontos, novo recorde mundial
    7A atleta fez história ao obter a nota 55,74 e avançar à final das Olimpíadas de Inverno na Coreia do Sul. A primeira colocada foi a russa Alina Zagitova, de 15 anos, com 82.92 pontos, novo recorde mundial REUTERS
  • Isadora Williams patinação artística
    8Isadora Williams foi muito aplaudida ao final de sua apresentação no programa Curto. Agora, sua pontuação final nos Jogos Olímpicos de Inverno 2018 será determinada pela soma das notas dos programa Curto e do Longo. Seu objetivo é fazer uma apresentação sem erros, "com saltos e piruetas perfeitas", disse a brasileira, que representou o país em uma competição da modalidade pela primeira vez em 2010 AFP
  • Isadora Williams patinação artística
    9Atleta brasileira dá uma pirueta ao som de 'Halleluja' e avança à final da patinação artística. Ela volta à arena de gelo na quinta-feira REUTERS
  • Brasileira celebra ao lado dos técnicos Igor Lukanin e Kristin Fraser. Ela volta à competição agora ao som de um tango e, em entrevista após a conquista inédita para o país, Isadora Williams se disse entusiasmada com a oportunidade: “Eu gosto mais do meu Programa Longo, tenho mais espaço para fazer mais saltos e gosto também da minha música, é mais sexy”, afirmou.
    10Brasileira celebra ao lado dos técnicos Igor Lukanin e Kristin Fraser. Ela volta à competição agora ao som de um tango e, em entrevista após a conquista inédita para o país, Isadora Williams se disse entusiasmada com a oportunidade: “Eu gosto mais do meu Programa Longo, tenho mais espaço para fazer mais saltos e gosto também da minha música, é mais sexy”, afirmou. AFP
  • A patinadora brasileira Isadora Williams, 22 anos, em sua apresentação que garantiu a classificação inédita do Brasil na final da patinação artística livre.
    11A patinadora brasileira Isadora Williams, 22 anos, em sua apresentação que garantiu a classificação inédita do Brasil na final da patinação artística livre. REUTERS