Dança

“É preciso cobrar maior participação da empresas na criação de arte”

Coreógrafo do Grupo Corpo, Rodrigo Pederneiras é o entrevistado do 'Voz Ativa' Programa da Rede Minas em parceria com o EL PAÍS pode ser acompanhado pela internet

Mais informações

O coreógrafo Rodrigo Pederneiras, do Grupo Corpo, é o convidado do programa Voz Ativa, uma produção da Rede Minas em parceria com o EL PAÍS, nesta segunda-feira, 19, às 22h15. A entrevista, que também será retransmitida ao vivo pelas páginas da Rede Minas e do EL PAÍS no Facebook, é conduzida pelo âncora Florestan Fernandes Júnior e conta com a participação da crítica de dança Helena Katz, da jornalista da Rádio inconfidência Verônica Pimenta, do jornalista e diretor do Museu de Congonhas Sérgio Rodrigo Reis, da bailarina Regina Amaral e do jornalista do EL PAÍS André de Oliveira.

Dança brasileira, investimento em cultura e a repercussão internacional do Grupo Corpo são alguns dos temas do programa, no qual Pederneiras fala sobre o modelo bem sucedido de trabalho em família: ele forma parte de uma família de cinco irmãos unidos em torno da dança, no palco e nos bastidores. O coreógrafo também comenta parcerias com compositores como Caetano Veloso e Tom Zé.

Pederneiras estreou no palco como bailarino, no espetáculo Maria Maria, em 1976. Dois anos depois, com Cantares, iniciava a carreira como coreógrafo da companhia. Em mais de 40 anos, ele consolidou uma linguagem própria no cenário da dança contemporânea nacional, reconhecida hoje em todo o mundo.

O programa Voz Ativa estreou no início de janeiro e já recebeu entrevistados como o diretor de teatro José Celso Martinez, a filósofa e ativista do movimento negro Djamila Ribeiro e o estilista Ronaldo Fraga. As entrevistas vão ao ar toda semana com retransmissão ao vivo pela internet.