Seleccione Edição
Login

O verão da fita isolante

A laje da Drica fica no bairro de Céu Azul, distante 20 quilômetros do centro de BH. Atende mulheres de domingo à domingo

  • Drica Muniz trabalha com bronzeamento natural faz mais de dez anos. Ela nasceu em Brasília e hoje mora em Belo Horizonte
    1Drica Muniz trabalha com bronzeamento natural faz mais de dez anos. Ela nasceu em Brasília e hoje mora em Belo Horizonte
  • Há alguns anos Drica usa a técnica da fita isolante, que explodiu depois do clipe da cantora Anitta, 'Vai Malandra'.
    2Há alguns anos Drica usa a técnica da fita isolante, que explodiu depois do clipe da cantora Anitta, 'Vai Malandra'.
  • Na laje de sua casa, Drica recebe mulheres de domingo a domingo. Elas querem ficar com uma marquinha de biquini perfeita.
    3Na laje de sua casa, Drica recebe mulheres de domingo a domingo. Elas querem ficar com uma marquinha de biquini perfeita.
  • Para evitar a insolação, as assistentes de Drica regam as mulheres o tempo todo.
    4Para evitar a insolação, as assistentes de Drica regam as mulheres o tempo todo.
  • No rosto, Drica não recomenda sol direto sem protetor solar. Por isso se concentra nas outras partes do corpo e pede que as clientes passem protetor solar do pescoço para cima
    5No rosto, Drica não recomenda sol direto sem protetor solar. Por isso se concentra nas outras partes do corpo e pede que as clientes passem protetor solar do pescoço para cima
  • A laje da Drica fica aberta de domingo a domingo e, no dia mais cheio, já recebeu até 25 clientes.
    6A laje da Drica fica aberta de domingo a domingo e, no dia mais cheio, já recebeu até 25 clientes.
  • Drica faz parte de um grupo no WhatsApp que reúne mais de cem 'personal bronze', o termo usado pelas que se dedicam à profissão.
    7Drica faz parte de um grupo no WhatsApp que reúne mais de cem 'personal bronze', o termo usado pelas que se dedicam à profissão.
  • Segundo a Drica, a técnica do biquini de fita foi inventada em Goiás e, nos últimos anos, ganhou cada vez mais adeptos.
    8Segundo a Drica, a técnica do biquini de fita foi inventada em Goiás e, nos últimos anos, ganhou cada vez mais adeptos.
  • Nas partes sensíveis e íntimas, Drica usa fitas de diferentes cores para evitar queimadura. A fita isolante preta é a que observe mais calor e pode machucar.
    9Nas partes sensíveis e íntimas, Drica usa fitas de diferentes cores para evitar queimadura. A fita isolante preta é a que observe mais calor e pode machucar.
  • O clipe 'Vai Malandra', da Anitta, já teve 100 milhões de visualizações no YouTube. Drica diz que o movimento aumentou desde o lançamento do vídeo.
    10O clipe 'Vai Malandra', da Anitta, já teve 100 milhões de visualizações no YouTube. Drica diz que o movimento aumentou desde o lançamento do vídeo.
  • Sem interrupções, Drica leva 10 minutos para desenhar a parte de cima e a de baixo de um biquini.
    11Sem interrupções, Drica leva 10 minutos para desenhar a parte de cima e a de baixo de um biquini.
  • Drica é metódica. Pele clara só pode ficar 40 minutos no sol e tem que chegar às 7h. Pele morena pode chegar a partir das 9h e ficar até uma hora.
    12Drica é metódica. Pele clara só pode ficar 40 minutos no sol e tem que chegar às 7h. Pele morena pode chegar a partir das 9h e ficar até uma hora.
  • Drica, que já trabalha até com tatuagens de estrelinha feitas pelo bronze, coloca a obsessão nacional pelo bronzeamento na conta da sensualidade do povo brasileiro.
    13Drica, que já trabalha até com tatuagens de estrelinha feitas pelo bronze, coloca a obsessão nacional pelo bronzeamento na conta da sensualidade do povo brasileiro.

MAIS INFORMAÇÕES