Richard H. Thaler, Prêmio Nobel de Economia 2017

Norte-americano, de 72 anos, foi reconhecido por seu estudo da economia comportamental

Richard H. Thaler, Prêmio Nobel de Economia de 2017.
Richard H. Thaler, Prêmio Nobel de Economia de 2017.Ralf-Finn Hestoft (Getty Images)

O norte-americano Richard H. Thaler, de 72 anos, foi agraciado nesta segunda-feira com o Prêmio Nobel de Economia, denominado oficialmente Prêmio Memorial Nobel de Ciências Econômicas, instituído e financiado pelo Banco Nacional da Suécia. Thaler foi premiado por sua contribuição à economia do comportamento. Nascido em 1945 em Nova Jersey (EUA), ele leciona essa disciplina na Universidade de Chicago.

Entre os méritos mais destacados de Thaler se encontra o desenvolvimento da teoria da contabilidade mental, explicando como as pessoas simplificam decisões financeiras. “O premiado explorou como uma racionalidade limitada, as preferências sociais e a falta de autocontrole afetam tanto as decisões individuais quanto os resultados do mercado”, disse o comitê a Academia Sueca responsável pela premiação. “Em resumo, suas contribuições desenvolveram uma ponte entre a análise econômica e a psicológica na tomada de decisões individuais”.

O perfil do ganhador do Nobel de Economia é um dos mais fáceis de adivinhar: costuma ser um homem com mais de 55 anos, de nacionalidade norte-americana. Nos últimos 20 anos, três quartos dos agraciados se encaixavam nessa descrição.

Em 2016, a Academia sueca concedeu o Nobel de Economia a Oliver Hart e Bengt Holmström por suas contribuições à Teoria dos Contratos, que analisa como as contratações são elaboradas e quais são seus diversos efeitos, sobretudo no universo corporativo.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: