Cobertura do debate presidencial dos EUA

A redação do EL PAÍS analisa, em espanhol e desde Washington D.C. e St. Louis, o segundo encontro entre Donald Trump e Hillary Clinton

Donald Trump
Donald Trump AP

“Trump pode encontrar a redenção ou a ruína em St. Louis” é a manchete do Dispatch, o principal jornal da maior cidade do Estado norte-americano do Missouri, cujo conselho editorial apoia a democrata Hillary Clinton. Outros jornais locais fizeram longas coberturas do que se espera do debate. As expectativas já eram enormes pelo segundo debate televisivo entre Hillary Clinton e Donald Trump e se multiplicaram em razão do cisma aberto no Partido Republicano depois da divulgação de um vídeo machista, de 2005, de seu candidato à Casa Branca. Os arredores da Universidade Washington foram ocupados pelas grandes redes de TV. Foram credenciados cerca de 2.000 jornalistas para o penúltimo debate antes das eleições de novembro.

Acompanhe aqui a cobertura, ao vivo, deste debate, feita pela redação do EL PAÍS em Washington D.C. e em St. Louis.

MAIS INFORMAÇÕES