O Brasil de Temer

Reportagem do EL PAÍS lista os desafios e colhe as expectativas em torno do novo Governo no país em crise

Em sentido horário, panorâmica de Porto Alegre, servidores em Brasília, eleitor no Ceará e assembleia com trabalhadores da Mercedes.
Em sentido horário, panorâmica de Porto Alegre, servidores em Brasília, eleitor no Ceará e assembleia com trabalhadores da Mercedes.A. N, T.B., M.C., M.P.

A reportagem do EL PAÍS colhe as expectativas de cidadãos e de analistas em torno do recém-ratificado Governo Michel Temer no momento em que o país atravessa sua maior crise econômica em décadas. Dos nervos da capital federal, onde os servidores veem a troca de guarda após 13 anos da era petista, à calamidade financeira dos Estados representada na situação do Rio Grande do Sul. Ceará, parte do bastião do PT no Nordeste, e ABC, berço do partido, completam o quadro.

Fruto de uma prolongada crise política e de um impeachment controverso, a  gestão Temer tem pouco tempo e desafios múltiplos que se tornaram ainda mais claros depois da saída definitiva de Dilma Rousseff no poder, em 31 de agosto. O Planalto tenta manter o crucial apoio de grandes empresas e atores do mercado financeiro prometendo uma agenda de reformas, cuja mais iminente parece ser a aprovação de um novo regime fiscal que estabelece um teto para as contas públicas em desalinho. O desemprego ainda escala. No plano político, tem de lidar com um Congresso que ainda se acomoda após a queda de Rousseff e Eduardo Cunha, com uma agenda eleitoral e com os potencialmente imprevisíveis desdobramentos da Operação Lava Jato. Tudo isso, Temer enfrenta com apenas 14% de aprovação e com uma uma minoria forte o suficiente que lhe constrange com o rótulo de "golpista".

Rio Grande do Sul se enforca para pagar as contas e conter a violência

Servidores sem salários são fotografia da crise que se alastra. Outra dezena de Estados ameaça declarar calamidade financeira nesta segunda 

A ‘máquina’ de Brasília, entre o otimismo e o temor dos cortes

Em meio ao aceno de reformas do Governo Temer, há os servidores que temem mudanças com a troca de guarda e os que a anseiam

No Ceará, Temer enfrentará a seca e população que PT colocou no mapa

Presidente, que promete aprofundar ajuste fiscal, terá que lidar com pressão por manter programas sociais na região bastião da antiga gestão

ABC se ressente da crise no setor automotivo e torce por melhora na economia

Região onde Lula surgiu agora lida com a crise do parque automobilístico e se divide entre apoio e rejeição ao projeto do PT

Arquivado Em: