Seleccione Edição
Login

Como evitar que o Facebook tenha acesso ao número de telefone usado no WhatsApp

Usuários podem evitar que a empresa de mensagens entregue seus dados à rede social

Facebook acesso número de telefone WhatsApp
Facebook e WhatsApp compartilharão dados. EFE

A notícia, conhecida na quinta-feira, foi uma bomba para os milhões de usuários do WhatsApp espalhados pelo mundo: o Facebook começará a explorar os dados dos usuários do aplicativo de mensagens com fins comerciais. É certo que muitos colocaram as mãos na cabeça diante do que parece sem nenhuma dúvida uma invasão à privacidade do usuário, mas não se pode esquecer que o Facebook, empresa proprietária do WhatsApp, vive exatamente de explorar comercialmente a informação de seus usuários. Mas é possível evitar que essa troca de dados ocorra.

Mesmo que a equipe de Zuckerberg tenha anunciado a mudança das condições de uso do serviço como um mero trâmite administrativo na relação com o usuário, o certo é que se trata de algo muito maior.

O que acontece se permitimos a utilização de nossos dados?

A não ser que renunciemos expressamente a aceitar as condições dos novos TOS (condições de uso), os usuários do WhatsApp que também tenham uma conta no Facebook poderão começar a ver na rede social publicidade relacionada com empresas e comércios com os quais se comunicou pelo WhatsApp. Ou seja, os números com os quais nos conectarmos no aplicativo de mensagens seriam monitorados para depois serem oferecidos anúncios mais segmentados em nossa conta do Facebook. Da mesma forma, a rede social irá nos propor como amigos usuários com os quais nos conectamos pelo WhatsApp.

O que poderá acontecer no futuro?

Os que pretendem manter sua privacidade têm mais motivos para estarem preocupados com as medidas que o WhatsApp poderá adotar no futuro em sua intenção de ganhar dinheiro com o serviço. O Facebook se refere abertamente à inserção de publicidade no conhecido aplicativo de conversa afirmando que “ainda” não pensa na publicidade por parte de terceiros, mas fica claro que se trata de um assunto que está sendo considerado. E pelo que explicam em seu blog, podemos esperar receber mensagens no aplicativo com ofertas e conteúdo que nos interessa. O grande problema que os usuários podem enfrentar é que uma ferramenta útil e necessária para a comunicação diária será invadida por anúncios. Talvez por esse motivo possa ser interessante considerar a opção de se retirar voluntariamente das comunicações comerciais.

Podemos esperar receber mensagens no aplicativo com ofertas e conteúdo que nos interessa

Como evitar que explorem nossos dados?

O Facebook já deixou o caminho aberto para que os usuários exerçam seus direitos de recusar que seus dados sejam utilizados de forma comercial, ainda que por um defeito e se não for indicado o contrário, todas as contas do WhatsApp acabarão fazendo parte dessa exploração comercial do serviço. Será enviada uma comunicação com as novas condições para a aprovação por parte do usuário e com uma opção marcada: basta desmarcá-la e aceitar para evitar a publicidade. Outra maneira de fazê-lo, se as condições já tiverem sido aceitas, é acessando os ajustes do aplicativo e lá desmarcar a opção “compartilhar a informação de minha conta”, mas esse último deve ser feito antes dos 30 dias seguintes a se ter aceitado as condições.

MAIS INFORMAÇÕES