Seleccione Edição
Login

Samsung Galaxy Note 7: usa a íris como senha e funciona no molhado

Novo smartphone da marca coreana incorpora o desbloqueio com os olhos e permite escrever e navegar com água sobre a tela

A Samsung lança nesta terça-feira o novo terminal de sua gama Note, um phablet que incorpora um lápis eletrônico e que é característico da marca sul-coreana. O novo Samsung Galaxy Note 7 chega com duas características singulares: o reconhecimento de íris, que serve para desbloquear com o olhar qualquer aplicativo ou o próprio celular, e o S Pen, um lápis eletrônico à prova d’água, capaz de escrever inclusive sobre a superfície da tela molhada.

Tela do Samsung Galaxy Note 7.

A empresa sul-coreana deixou de ser o eterno segundão de luxo no terreno dos smartphones, depois de superar pela primeira a Apple e seu iPhone com a gama Galaxy S7. Mas a Samsung sabe que defender o topo do pódio é mais complicado do que conquistá-lo, e por isso quis dar um toque especial ao seu novo Note, que incorpora o design, as características e até o nome do Galaxy 7.

Como observaram executivos da empresa numa espetacular apresentação simultânea em Nova York, Londres e Rio de Janeiro, o Note 7 pretende ser uma ferramenta de produtividade para profissionais que não se satisfazem com uma tela de celular, precisando de algo maior e mais eficaz, mas incorporando também características de diversão e entretenimento, pois afinal os executivos também tiram fotos e matam o tempo com games.

Como instrumento de trabalho, o Note 7 melhora notavelmente a segurança. Além da facilidade de ativar o aparelho com a impressão digital, surge agora o reconhecimento da íris, um traço distintivo de cada pessoa, que permanece invariável a partir dos 18 anos. Depois que o celular registra o padrão da íris, o usuário pode programar o celular para se desbloquear a um simples olhar. A ativação é ainda mais rápida – questão de microssegundos – do que através da digital, e funciona também com óculos e lentes de contato, desde que sejam transparentes.

Essa nova ferramenta de segurança serve também como senha única para aplicativos como o de pagamento por celular ou a nova pasta segura (secure folder), onde podem ser armazenados documentos virtuais com informação sensíveis, como cartões de crédito (incorpora o sistema de pagamentos via celular Samsung Pay), passaportes, carteiras de identidade, credenciais etc.. Esta é justamente outra novidade do Note 7, pois, mesmo que você deixe o celular aberto, a pasta também exige a checagem da íris.

O S Pen incorpora uma função de tradução de palavras.
O S Pen incorpora uma função de tradução de palavras.

Melhoras do S Pen

Sem dúvida, o elemento distintivo do Note 7 é o S Pen, e a Samsung fez questão de salientar as melhoras do lápis eletrônico. A mais importante é a sua precisão. Ao duplicar os níveis de pressão (de 2.048 para 4.096), o lápis eletrônico imita completamente a escrita física com uma caneta ou lápis sobre o papel. Na verdade, funciona como lápis e como pincel.

O Note 7 é submergível, e o S Pen escreve sobre a tela molhada.
O Note 7 é submergível, e o S Pen escreve sobre a tela molhada.

Mas a novidade mais vistosa é a capacidade do S Pen de escrever sobre a tela molhada, o que pode ser muito útil em dias de chuva ou para esportistas que precisam lutar com as gotas de suor a fim de usar o celular enquanto praticam exercício.

Outras funções novas são a lupa – que permite ao S Pen ampliar automaticamente uma zona da tela apenas situando-o sobre ela, sem a necessidade de tocar – e a tradução de palavras da web ou de um documento que estejam sob o S Pen. Chega também a captura de GIFs, para permitir que vídeos sejam cortados e editados diretamente, sem o uso de aplicativos externos, preservando apenas as imagens e detalhes que mais nos interessem, em clipes de até 15 segundos prontos para serem postados.

O Galaxy Note 7 será vendido em quatro cores.
O Galaxy Note 7 será vendido em quatro cores.

No campo do entretenimento, o Note é o primeiro celular capaz de reproduzir vídeos em qualidade HDR (alta gama dinâmica, na sigla em inglês), um padrão que supera a alta definição e permite distinguir cenas em que a quantidade de luz é muito variável de uma área para outra. Até agora, só a Netflix e alguns vídeos da Amazon dispõem de catálogos com conteúdos nesse novo modo, embora a Samsung diga que ele melhora também a qualidade dos vídeos normais.

Design simétrico com dupla borda curva

Comparativo do Galaxy Note 7 e do Note 5.
Comparativo do Galaxy Note 7 e do Note 5.

Quanto ao design, o Note 7 adota completamente as formas do Galaxy S7 Edge, mas apostando na simetria e incorporando a já famosa borda curva em ambos os lados da tela. Além disso, melhora a resistência a qualquer tipo acidente, já que, além da tela resistente a golpes e arranhões (Gorila Glass 5), o alumínio do seu chassis é 30% mais resistente a golpes e 20% mais a arranhões do que no seu irmão S7. Como este, é também submersível em um metro e meio de profundidade durante meia hora (certificação Ip68), assim como o S Pen, que vem selado com silicone para ser impermeável.

As demais características técnicas são idênticas ao S7 à sua versão Plus. Tela de 5,7 polegadas com câmera traseira de 12 megapixels e dianteira de 5 megapixels, com pixels 56% maiores, o que permite fazer fotos 95% mais brilhantes. A abertura de câmera é também f/1.7 (superior à do iPhone 6S, que dispõe de uma abertura máxima f/2.2), ideal para captar imagens muito melhores em ambientes de pouca luz.

O Note 7 incorpora também o always on display (sempre preparado), tecnologia que permite ao usuário ver a hora, o tempo, o calendário e as notificações mais importantes mesmo que o celular esteja bloqueado, sem aumentar o consumo de bateria.

O S Pen funciona como lápis ou como pincel.
O S Pen funciona como lápis ou como pincel.

A bateria também é reforçada para 3.500 miliamperes, o que permite reproduzir vídeo em alta definição durante 13 horas consecutivas e manter o telefone ligado, sem recarregar, por mais de um dia de uso normal. A recarga é rápida, através da nova porta USB tipo C.

Os novos Galaxy Note 7 têm processador Exynos 8890 Octacore com 4 núcleos de 2,3 GHz e outros quatro de 1,6 GHz, que incorporam um sistema de refrigeração por líquido através de diminutas canalizações interiores. Funcionam com a última versão do Android 6.0.1 Marshmallow. Chegam com 4 gigas de RAM, uma memória interna de 64 GB, ampliável com cartão microSD de até 200GB, graças a um slot híbrido de duplo uso, no que também vai inserido o cartão SIM.

Aspecto frontal e traseiro do Note 7.
Aspecto frontal e traseiro do Note 7.

Em princípio, o Note 7, que estará disponível nas lojas brasileiras a partir da segunda quinzena de setembro, estará disponível em três cores: prata, preto e azul coral, uma cor nova especialmente criada para esse aparelho, embora a empresa não descarte incluir também o dourado (que será vendido em outros países). No Brasil, custará 4.299 reais. Diferentemente do Note 5, que foi vendido apenas nos Estados Unidos, o Note 7 (não houve um Note 6) será comercializado no mundo inteiro.

MAIS INFORMAÇÕES