Seleccione Edição
Login

Uma volta no UberCOPTER em São Paulo

A viagem de helicóptero durou apenas três minutos, mas todo o processo levou uma hora e meia

  • A viagem começa no celular, com o pedido. Ao clicar na opção do UberCOPTER pela primeira vez, o cliente é redirecionado para um site para preencher alguns dados como CPF, telefone e peso das bagagens. A estimativa de preço do voo quando a reportagem do EL PAÍS solicitou o serviço era de 176 reais (88 para cada assento, para repórter e fotógrafo, já que a cobrança é individual), e o tempo previsto para chegar da Avenida Faria Lima ao Morumbi era de 30 minutos.
    1A viagem começa no celular, com o pedido. Ao clicar na opção do UberCOPTER pela primeira vez, o cliente é redirecionado para um site para preencher alguns dados como CPF, telefone e peso das bagagens. A estimativa de preço do voo quando a reportagem do EL PAÍS solicitou o serviço era de 176 reais (88 para cada assento, para repórter e fotógrafo, já que a cobrança é individual), e o tempo previsto para chegar da Avenida Faria Lima ao Morumbi era de 30 minutos.
  • Após o pedido, o cliente recebe a ligação de um funcionário da Uber para confirmar o trajeto e o nome dos passageiros. A reportagem do EL PAíS foi avisada de que, em poucos minutos, um motorista do UberBLACK (serviço de carro de luxo) passaria para buscar repórter e fotógrafo e levá-los até o heliponto do hotel Blue Tree Itaim, relativamente perto de onde o pedido foi feito.
    2Após o pedido, o cliente recebe a ligação de um funcionário da Uber para confirmar o trajeto e o nome dos passageiros. A reportagem do EL PAíS foi avisada de que, em poucos minutos, um motorista do UberBLACK (serviço de carro de luxo) passaria para buscar repórter e fotógrafo e levá-los até o heliponto do hotel Blue Tree Itaim, relativamente perto de onde o pedido foi feito.
  • A disponibilidade de helicópteros e, especialmente, de helipontos que façam parte do programa-piloto é um dos limitadores do serviço. O Blue Tree Itaim é um dos cinco helipontos de São Paulo que, ao lado de mais quatro aeroportos, são os únicos pontos de partida e chegada do UberCOPTER na cidade.
    3A disponibilidade de helicópteros e, especialmente, de helipontos que façam parte do programa-piloto é um dos limitadores do serviço. O Blue Tree Itaim é um dos cinco helipontos de São Paulo que, ao lado de mais quatro aeroportos, são os únicos pontos de partida e chegada do UberCOPTER na cidade.
  • Além de a tarifa ser cobrada individualmente, se for preciso uma viagem de carro até o heliponto de partida, é cobrado o custo adicional do valor de uma corrida do UberBlack. Os preços também variam de acordo com trajeto e a demanda.
    4Além de a tarifa ser cobrada individualmente, se for preciso uma viagem de carro até o heliponto de partida, é cobrado o custo adicional do valor de uma corrida do UberBlack. Os preços também variam de acordo com trajeto e a demanda.
  • A reportagem do EL PAÍS entrou no Uberblack às 10h39 de uma segunda-feira, cinco miniutos após o pedido no celular. A repórter recebeu uma nova ligação para confirmar o peso dos passageiros, para o deslocamento da aeronave mais adequada.
    5A reportagem do EL PAÍS entrou no Uberblack às 10h39 de uma segunda-feira, cinco miniutos após o pedido no celular. A repórter recebeu uma nova ligação para confirmar o peso dos passageiros, para o deslocamento da aeronave mais adequada.
  • A reportagem foi recebida no saguão do hotel por um funcionário e encaminhada para uma sala de espera no último andar do edifício. Lá, outros dois passageiros também aguardavam o horário de embarque. Na foto acima, amigos que pegaram um UberCOPTER para almoçar.
    6A reportagem foi recebida no saguão do hotel por um funcionário e encaminhada para uma sala de espera no último andar do edifício. Lá, outros dois passageiros também aguardavam o horário de embarque. Na foto acima, amigos que pegaram um UberCOPTER para almoçar.
  • Por volta das 11h, a funcionária da Uber voltou a ligar para a reportagem do EL PAÍS para informar que o voo estava autorizado somente para as 11h40 (o pedido original foi feito às 10h34) e para confirmar se os clientes poderiam viajar naquele horário.
    7Por volta das 11h, a funcionária da Uber voltou a ligar para a reportagem do EL PAÍS para informar que o voo estava autorizado somente para as 11h40 (o pedido original foi feito às 10h34) e para confirmar se os clientes poderiam viajar naquele horário.
  • Aquela segunda-feira, segundo a funcionária da Uber, estava mais movimentada que o normal e, geralmente, a demora não passa de meia hora. Ao desligar, a reportagem do EL PAÍS recebeu uma mensagem de texto avisando que viajaria em um helicóptero da companhia AirJet e que a duração de voo seria de 3 minutos.
    8Aquela segunda-feira, segundo a funcionária da Uber, estava mais movimentada que o normal e, geralmente, a demora não passa de meia hora. Ao desligar, a reportagem do EL PAÍS recebeu uma mensagem de texto avisando que viajaria em um helicóptero da companhia AirJet e que a duração de voo seria de 3 minutos.
  • Segundo funcionários do hotel Blue Tree Faria Lima, na primeira semana do serviço do UberCOPTER, foram registrados mais de 60 pousos e decolagens, chamados toques, em um mesmo dia no heliponto do edifício, acostumado a registrar, em média, apenas cinco solicitações diárias
    9Segundo funcionários do hotel Blue Tree Faria Lima, na primeira semana do serviço do UberCOPTER, foram registrados mais de 60 pousos e decolagens, chamados toques, em um mesmo dia no heliponto do edifício, acostumado a registrar, em média, apenas cinco solicitações diárias
  • A reportagem do EL PAÍS só foi chamada para subir ao heliponto às 11h46 daquela segunda-feira (mais de uma hora depois do pedido original, feito às 10h34) e repórter e fotógrafo foram acompanhados por um segurança até a porta da aeronave, que partiu 11h53.
    10A reportagem do EL PAÍS só foi chamada para subir ao heliponto às 11h46 daquela segunda-feira (mais de uma hora depois do pedido original, feito às 10h34) e repórter e fotógrafo foram acompanhados por um segurança até a porta da aeronave, que partiu 11h53.
  • A viagem de 10km levou, no total, cerca de uma hora e meia (apenas três minutos desse tempo dentro do helicóptero), um trajeto que poderia ter demorado 15 minutos de carro ou, no máximo, meia hora em horário de pico. De UberX, o serviço de carro mais econômico do aplicativo, a corrida sairia por cerca de 24 reais. De ônibus, o trajeto demoraria 40 minutos e custaria 3,80 reais.
    11A viagem de 10km levou, no total, cerca de uma hora e meia (apenas três minutos desse tempo dentro do helicóptero), um trajeto que poderia ter demorado 15 minutos de carro ou, no máximo, meia hora em horário de pico. De UberX, o serviço de carro mais econômico do aplicativo, a corrida sairia por cerca de 24 reais. De ônibus, o trajeto demoraria 40 minutos e custaria 3,80 reais.
  • No UberCOPTER não houve tempo para água, balinhas, ou perguntar qual rádio os clientes preferiam ouvir. O comandante Júnior pediu aos passageiros que colocasse o fone nos ouvidos e os ajudou a colocar os cintos. Ele ia trocando informações com a torre de controle, enquanto a reportagem apreciava a vista lá de cima. A viagem até o Helicentro do Morumbi foi bastante tranquila, nada de turbulências ou instabilidades no voo.
    12No UberCOPTER não houve tempo para água, balinhas, ou perguntar qual rádio os clientes preferiam ouvir. O comandante Júnior pediu aos passageiros que colocasse o fone nos ouvidos e os ajudou a colocar os cintos. Ele ia trocando informações com a torre de controle, enquanto a reportagem apreciava a vista lá de cima. A viagem até o Helicentro do Morumbi foi bastante tranquila, nada de turbulências ou instabilidades no voo.
  • O aplicativo informou que ainda estuda a melhor forma de implementar o serviço do UberCOPTER na cidade, por conta da grande diferença de preço médio de uma hora de voo (entre 2.500 e 3.500 reais) e o valor cobrado pela Uber. Na imagem, Domingos, que trabalha há 7 anos no Hotel Blue Tree Tower e no heliponto do prédio.
    13O aplicativo informou que ainda estuda a melhor forma de implementar o serviço do UberCOPTER na cidade, por conta da grande diferença de preço médio de uma hora de voo (entre 2.500 e 3.500 reais) e o valor cobrado pela Uber. Na imagem, Domingos, que trabalha há 7 anos no Hotel Blue Tree Tower e no heliponto do prédio.
  • A Uberinformou que não há informações sobre a continuidade da operação em São Paulo após o projeto piloto do UberCOPTER. Até a publicação da reportagem, a empresa ainda não tinha enviado por email o valor da viagem realizada pelo UberCOPTER.
    14A Uberinformou que não há informações sobre a continuidade da operação em São Paulo após o projeto piloto do UberCOPTER. Até a publicação da reportagem, a empresa ainda não tinha enviado por email o valor da viagem realizada pelo UberCOPTER.
  • Segundo Arthur Fioratti, da Associação Brasileira dos Pilotos de Helicóptero (Abraphe), na tentativa de democratizar o uso de helicóptero, o aplicativo tem aplicado um preço irreal. "Claramente há um subsídio dos fabricantes para essa operação funcionar. Eles estão fazendo uma pesquisa de mercado para tentar entender melhor a demanda por esse transporte na cidade. Se quiserem apostar nesse mercado, terão que subir os preços", explica.
    15Segundo Arthur Fioratti, da Associação Brasileira dos Pilotos de Helicóptero (Abraphe), na tentativa de democratizar o uso de helicóptero, o aplicativo tem aplicado um preço irreal. "Claramente há um subsídio dos fabricantes para essa operação funcionar. Eles estão fazendo uma pesquisa de mercado para tentar entender melhor a demanda por esse transporte na cidade. Se quiserem apostar nesse mercado, terão que subir os preços", explica.