Windows 10

Como ‘turbinar’ seu Windows 10 para que fique veloz como um raio

Dicas simples para acelerar o rendimento do software da Microsoft

Windows 10

Resistir à atualização do Windows 10 não foi nada fácil para os usuários, que puderam comprovar como a Microsoft consegue ser persistente com os seus alertas. Apesar disso, a taxa de adesão, principal parâmetro para medir o êxito ou o fracasso de um lançamento em uma plataforma, continua desesperadoramente baixa. Para aqueles que já estão com a nova versão do Windows em seus equipamentos e que percebem que ela não está indo tão bem como se esperava, convém saber que existem algumas maneiras simples de melhorar o seu rendimento sem sacrificar demais a experiência de sua utilização.

MAIS INFORMAÇÕES

1. Eliminar os programas desnecessários no boost

Todas as versões do Windows padecem desse mal endêmico: o tempo de arrancada (boost) pode ser desesperadoramente longo, e, por isso, pode ser mais interessante deixar na suspensão no dia a dia e desligá-lo apenas uma ou duas vezes por semana para garantir que o sistema se otimize e que as atualizações sejam instaladas. Pode-se, no entanto, encurtar o tempo de ligação do computador desativando aqueles aplicativos que não sejam necessários no momento da ligação. A melhor maneira de saber quais aplicativos o sistema aciona ao ser ligado é teclar simultaneamente Ctrl-Maiúsculas-Esc, ir para Início e, aí, levar o primeiro susto: tudo isso se abria logo de cara sem o nosso conhecimento? A partir daí, é possível selecionar os aplicativos que não utilizamos e, clicando o botão direito do mouse, desativá-las do boost.

2. Apagar os aplicativos lixo

Os aplicativos conhecidos como crapware ou bloatware se tornaram um problema sério para o rendimento dos equipamentos. São aqueles que já vem pré-instalados no computador, e o usuário nem sequer sabe do seu uso até que começa a ser bombardeado por avisos de alertas para fazer atualizações ou de que o período de teste gratuito do aplicativo, que nunca instalamos nem nos interessa, chegou ao fim. O problema desse tipo de aplicativo é que ele consome recursos e que não é fácil desinstalá-los, basicamente porque nem sequer sabemos que os temos no computador. A melhor coisa pé dar uma olhadinha na relação de aplicativos instalados seguindo as instruções da Microsoft, e ali desinstalar todos aqueles de que não temos conhecimento.

3. Caçando vírus e malware

O Windows 10 não se livrou dos vírus, mas a Microsoft oferece uma solução muito eficaz que integra um antivírus e a detecção de malware em um único aplicativo: o Windows Defender. Essa solução analisa em tempo real tudo aquilo que ocorre no computador e se atualiza constantemente para incorporar a detecção de novas ameaças. Sem fazer muito barulho, essa solução caseira oferece uma alternativa aos antivírus, com uma dupla vantagem: não é preciso instalar aplicativos adicionais nem pagar por eles, e, sendo um aplicativo desenvolvido pela própria Microsoft, integra-se muito bem no sistema, e o seu consumo de recursos é mínimo. O Windows Defender está presente no sistema, e basta ativá-lo (Configurações/Atualização e segurança/Windows Defender).

4. Fazer uma manutenção do sistema

Como lembra a PC World, o Windows conta com uma bela ferramenta que recebeu o nome de Manutenção, que faz uma checagem completa do sistema e detecta possíveis erros de funcionamento. Essa manutenção é feita pelo sistema de forma automática a um certo intervalo de tempo, mas pode também ser acionada quando o usuário quiser. Sua maior vantagem é que, uma vez concluída a análise completa, a ferramenta oferece ao usuário uma leitura compreensível do funcionamento dos recursos do sistema e onde será necessário intervir. Essa função se encontra no Painel de Controle/Sistema e segurança/Central de atividades

5. Manter o equipamento atualizado

Pode parecer uma chateação descobrir que existem novos aperfeiçoamentos ou atualizações do sistema disponíveis e que é preciso reinicializar o computador, mas a verdade é que isso é o melhor mesmo que se pode fazer para garantir um funcionamento otimizado do mesmo. Embora no Windows 10 as atualizações já venham configuradas de forma automática, convém se assegurar de que o computador se reinicialize a um certo intervalo de tempo para que elas sejam aplicadas. A equipe de desenvolvimento trabalha ininterruptamente para aprimorar o funcionamento do sistema e, sobretudo, melhorar a sua segurança.

Arquivado Em: