_
_
_
_
_

Quantas vezes o Real Madrid já reverteu um 2 a 0?

Os merengues viraram o resultado em dois dos três desafios em torneios europeus

Tassoti, que recebeu cartão amarelo, atinge Butragueño pouco antes do gol num duelo Real x Milan de 1989.
Tassoti, que recebeu cartão amarelo, atinge Butragueño pouco antes do gol num duelo Real x Milan de 1989.RAÚL CANCIO

A épica, a briga, a garra e a luta são coisa de aficionados. O que Zinedine Zidane e Luka Modric tentaram transmitir ontem, antes do importante duelo desta noite contra o Wolfsburg (2-0 no jogo de ida) é que as noites mágicas não exigem somente suor e pernas. “É preciso estar unido, ter paciência e, sobretudo, jogar futebol”, disse o meia croata. “É importante correr e brigar, mas ganhamos com a bola nos pés, e o que precisamos fazer é jogar futebol”, sentenciou Zidane. Técnico e jogador repetiram muitas vezes a palavra “paciência” e afirmaram que não dá para virar um jogo em dez minutos. Quantas vezes o Real Madrid reverteu um 2-0 nas competições europeias?

Acompanhe Real Madrid x Wolfsburg ao vivo no minuto a minuto do EL PAÍS.

1979-1980 Copa da Europa: Celtic. 2-0 no jogo de ida; 3-0 na volta

Juanito, no Real Madrid x Inter.
Juanito, no Real Madrid x Inter.RAÚL CANCIO

O Notthingham levantou a antiga Taça dos Campeões da Europa em 1980 ao derrotar o Hamburgo. E foi justamente contra o Hamburgo que o Real Madrid deixou as semifinais. Chegou até essa fase após reverter um 2-0 contra o Celtic. Boskov estava no banco. A partida de ida foi disputada em 5 de março de 1980 em Glasgow. Os gols dos escoceses levaram a assinatura de McCluskey e Doyle. Duas semanas depois, os merengues inverteram o resultado e se impuseram com um 3-0. Juanito abriu o placar aos 44 minutos, Stielike fez o seu aos 11 do segundo tempo e Santillana classificou o Real com um gol aos 30 minutos da etapa complementar. Com eles jogaram Mariano Ramón, Pirri, Sabido, Camacho, Benito, Del Bosque, De Los Santos e Cunningham.

1984-85 Copa da UEFA: Inter. 2-0 no jogo de ida; 3-0 na volta.

Bergomi cai após ser atingido por um objeto. Valdano pede à torcida que deixe de lançar coisas ao gramado.
Bergomi cai após ser atingido por um objeto. Valdano pede à torcida que deixe de lançar coisas ao gramado.BERNARDO PÉREZ

O Real Madrid de Luis Molowny acabou vencendo essa Copa da UEFA após dar a volta por cima, de forma espetacular, contra a Inter nas semifinais. Em 10 de abril de 1985, perdeu no estádio San Siro por 2-0 (gols de Brady e Altobelli), com Miguel Ángel, Chendo, Salguero, Sanchís, Camacho, Gallego, Lozano, Martín Vázquez, Isidro, Butragueño e Valdano. Duas semanas depois, em casa, reverteu o marcador. O Madrid ganhou por 3-0 com dois gols de Santillana (minutos 9 e 41) e um de Michel aos 14 do segundo tempo. Disputaram a partida de volta Miguel Ángel, San José, Salguero, Chendo, Camacho, Gallego, Michel, Stielike, Pineda, Santillana e Valdano.

1989-90 Copa da Europa: sem reverter o marcador contra o Milan (2-0 na ida, 1-0 na volta)

Butragueño marca de cabeça o gol do Real contra o Milan.
Butragueño marca de cabeça o gol do Real contra o Milan.MANUEL ESCALERA

O Milan de Sacchi, Rijkaard, Gullit e Van Basten levantou sua segunda Taça dos Campeões da Europa seguida em 1990. No caminho, eliminou o Real Madrid. Os merengues perderam por 2-0 em San Siro, em 18 de outubro de 1989, na segunda rodada. Marcaram Rijkaard aos 9 e Van Basten aos 14 minutos. Em 1 de novembro, no Bernabéu, não houve virada. O Real de Toshack jogou com Buyo, Chendo, Sanchís, Gordillo, Hierro, Ruggeri, Llorente, Michel, Hugo Sánchez, Martín Vázquez e Butragueño. Sanchís foi expulso aos 29 minutos do segundo tempo. Os merengues só conseguiram marcar um gol, feito por Butragueño aos 45.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_