Champions League - Real Madrid x Wolfsburg

Quantas vezes o Real Madrid já reverteu um 2 a 0?

Os merengues viraram o resultado em dois dos três desafios em torneios europeus

Tassoti, que recebeu cartão amarelo, atinge Butragueño pouco antes do gol num duelo Real x Milan de 1989.
Tassoti, que recebeu cartão amarelo, atinge Butragueño pouco antes do gol num duelo Real x Milan de 1989.RAÚL CANCIO

A épica, a briga, a garra e a luta são coisa de aficionados. O que Zinedine Zidane e Luka Modric tentaram transmitir ontem, antes do importante duelo desta noite contra o Wolfsburg (2-0 no jogo de ida) é que as noites mágicas não exigem somente suor e pernas. “É preciso estar unido, ter paciência e, sobretudo, jogar futebol”, disse o meia croata. “É importante correr e brigar, mas ganhamos com a bola nos pés, e o que precisamos fazer é jogar futebol”, sentenciou Zidane. Técnico e jogador repetiram muitas vezes a palavra “paciência” e afirmaram que não dá para virar um jogo em dez minutos. Quantas vezes o Real Madrid reverteu um 2-0 nas competições europeias?
Acompanhe Real Madrid x Wolfsburg ao vivo no minuto a minuto do EL PAÍS.

1979-1980 Copa da Europa: Celtic. 2-0 no jogo de ida; 3-0 na volta

O Notthingham levantou a antiga Taça dos Campeões da Europa em 1980 ao derrotar o Hamburgo. E foi justamente contra o Hamburgo que o Real Madrid deixou as semifinais. Chegou até essa fase após reverter um 2-0 contra o Celtic. Boskov estava no banco. A partida de ida foi disputada em 5 de março de 1980 em Glasgow. Os gols dos escoceses levaram a assinatura de McCluskey e Doyle. Duas semanas depois, os merengues inverteram o resultado e se impuseram com um 3-0. Juanito abriu o placar aos 44 minutos, Stielike fez o seu aos 11 do segundo tempo e Santillana classificou o Real com um gol aos 30 minutos da etapa complementar. Com eles jogaram Mariano Ramón, Pirri, Sabido, Camacho, Benito, Del Bosque, De Los Santos e Cunningham.

Juanito, no Real Madrid x Inter.
Juanito, no Real Madrid x Inter.RAÚL CANCIO

1984-85 Copa da UEFA: Inter. 2-0 no jogo de ida; 3-0 na volta.

O Real Madrid de Luis Molowny acabou vencendo essa Copa da UEFA após dar a volta por cima, de forma espetacular, contra a Inter nas semifinais. Em 10 de abril de 1985, perdeu no estádio San Siro por 2-0 (gols de Brady e Altobelli), com Miguel Ángel, Chendo, Salguero, Sanchís, Camacho, Gallego, Lozano, Martín Vázquez, Isidro, Butragueño e Valdano. Duas semanas depois, em casa, reverteu o marcador. O Madrid ganhou por 3-0 com dois gols de Santillana (minutos 9 e 41) e um de Michel aos 14 do segundo tempo. Disputaram a partida de volta Miguel Ángel, San José, Salguero, Chendo, Camacho, Gallego, Michel, Stielike, Pineda, Santillana e Valdano.

Bergomi cai após ser atingido por um objeto. Valdano pede à torcida que deixe de lançar coisas ao gramado.
Bergomi cai após ser atingido por um objeto. Valdano pede à torcida que deixe de lançar coisas ao gramado.BERNARDO PÉREZ

1989-90 Copa da Europa: sem reverter o marcador contra o Milan (2-0 na ida, 1-0 na volta)

O Milan de Sacchi, Rijkaard, Gullit e Van Basten levantou sua segunda Taça dos Campeões da Europa seguida em 1990. No caminho, eliminou o Real Madrid. Os merengues perderam por 2-0 em San Siro, em 18 de outubro de 1989, na segunda rodada. Marcaram Rijkaard aos 9 e Van Basten aos 14 minutos. Em 1 de novembro, no Bernabéu, não houve virada. O Real de Toshack jogou com Buyo, Chendo, Sanchís, Gordillo, Hierro, Ruggeri, Llorente, Michel, Hugo Sánchez, Martín Vázquez e Butragueño. Sanchís foi expulso aos 29 minutos do segundo tempo. Os merengues só conseguiram marcar um gol, feito por Butragueño aos 45.

Butragueño marca de cabeça o gol do Real contra o Milan.
Butragueño marca de cabeça o gol do Real contra o Milan.MANUEL ESCALERA

Arquivado Em: