Verne

Como posamos para a câmara antes e depois de algumas taças de vinho

Fotógrafo brasileiro Marcos Alberti fez uma experiência sobre o tema na série 'Wine Proyect'

Uma das garotas protagonistas do projeto. Foto cortesía Marcos Alberti
Uma das garotas protagonistas do projeto. Foto cortesía Marcos Alberti

"Minha intenção era mostrar o lado positivo que beber pode ter", diz à Verne o autor dessas fotografias que têm atraído a atenção de milhares de pessoas nas redes sociais. "Sempre vejo na Internet coisas negativas sobre o álcool, mas acho que toda história tem dois pontos de vista. Estando com amigos em um ambiente saudável e feliz, consumindo com moderação, o vinho pode trazer coisas boas".

Foi assim que Marcos Alberti embarcou no Wine Project, uma série de fotos que pretende mostrar como uma pequena dose de um bom vinho muda a atitude com a qual posamos para uma lente: "O vinho pode libertar seu espírito", diz Alberti, que usou seus próprios amigos como cobaias: "DJs, professores, arquitetos, estilistas, maquiadores e sim, também alguns modelos".

Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti

Alberti reconhece que convidou seus amigos para o estúdio com essa ideia em mente, mas não explicou a todos o que iria acontecer. "Quando chegavam, eu fazia a primeira foto sem dar tempo para que interagissem com os outros convidados ou relaxassem", relembra, "e depois oferecia a primeira taça de vinho".

A série completa levou seis noites de trabalho, nas quais reuniu amigos de diferentes grupos. "Depois de cada novo retrato eu oferecia uma nova taça de vinho, e assim sucessivamente", conta o fotógrafo, até que obteve a sequência completa: uma tira dupla com quatro imagens –parecida com a das cabines de fotos– que permite apreciar as mudanças nas poses.

Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti

O resultado, compartilhado no Imgur há dois dias, já ultrapassou um milhão de visitas. Tudo foi tão rápido que nem mesmo os protagonistas tiveram tempo para manifestar suas impressões. "Queria reunir meus amigos, nos divertir e passar um tempo agradável”, diz Alberti, "e em poucas horas as minhas fotos tinham sido compartilhadas mais de 20.000 vezes. Gente do mundo todo tem acesso a elas. É incrível!".

Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti
Foto cortesia de Marcos Alberti