Grammy 2016

Paul McCartney é barrado em festa após o Grammy

Vídeo mostra como o cantor PauL McCartney é recusado no evento organizado pelo rapper Tyga

Paul McCartney, chegando em outra festa após o Grammy.
Paul McCartney, chegando em outra festa após o Grammy.Amanda Edwards (WireImage)

MAIS INFORMAÇÕES

Paul McCartney é um dos artistas mais reconhecidos da história da música, ex-membro dos Beatles, colaborou com dezenas de artistas e tem mais de 20 Grammys. Um extenso currículo que não serviu a para que o deixassem entrar em uma festa particular pós-Grammy, realizada na noite de segunda-feira em Los Angeles. O portal de fofocas TMZ (quem mais poderia ser) publicou um vídeo no qual se vê o cantor, de 73 anos, esperando à porta de um clube e depois indo embora sem ter obtido a permissão de entrar, ante a incredulidade dos presentes.

O cantor britânico, acompanhado do músico Beck e do baterista dos Foo Fighters, Taylor Hawkins, tinha a intenção de passar a noite dos Grammys na festa do rapper Tyga, organizada no The Argyle de Hollywood. No vídeo, depois de uma pergunta irônica sobre sua canção favorita dos Rolling Stones, vê-se como o britânico fica esperando na entrada do clube. Depois de uma primeira negativa, exclama: “Quão VIPs temos que ser? Precisamos de outro sucesso”, diz a seus acompanhantes, um trio que conseguiu alguns dos maiores êxitos do rock e do pop. Após uma segunda tentativa, e a correspondente negativa, vê-se sir Paul McCartney abandonar o lugar de carro. Pouco depois, já aproveitava a festa organizada da gravadora Republic Records em outro local da cidade, onde se reuniu a cantores como Tony Bennet, Taylor Swift e The Weekend, modelos como Alessandra Ambrosio e Bella Hadid e atrizes como Kaley Cuoco (The Big Bang Theory).

Ao ser perguntado sobre o veto, na saída da festa, Tyga, de 26 anos, comentou que ambos são de gerações distintas, mas que se o tivesse visto teria garantido que McCartney entrasse no local –embora não parecesse ter ficado abalado com a confusão. Se no ano passado se tornou uma das sensações da cerimônia dos Grammys com sua performance com Rihanna e Kanye West, parece que este ano Paul McCartney lembrará da premiação por um motivo bem diferente. Ser um dos compositores que mais vendeu discos não foi suficiente como credencial. Paul McCartney foi barrado.

Arquivado Em: