Campeonato Espanhol

“Apostamos na qualidade e não deu certo”, diz Rafa Benítez

Técnico da equipe merengue não está preocupado com sua possível demissão

Rafa Benítez escalou o Real Madrid para o clássico mudando repentinamente de critério. Tirou Casemiro, uma de suas aposta iniciais e o único volante de origem do elenco, colocou Carvajal, em quem parecia confiar, na reserva, e voltou a escalar Bale na ala após repetidas tentativas frustradas no passado. Os diretores que saíam do almoço antes do jogo anunciavam uma escalação de jogadores fantástica. No ‘onze’ inicial estavam todos os jogadores que os dirigentes gostam. Os mais caros. Quando, depois do encontro, o treinador foi perguntado se teria optado pelos jogadores em função das mensagens que recebeu da diretoria, não desmentiu.

“Faço a escalação tentando gerenciar da melhor maneira possível o grupo que tenho”, respondeu o treinador. “Neste caso, com os jogadores que iniciaram a partida, que têm qualidade suficiente para fazer melhor do que fizemos hoje. Como dizia antes, todos temos que ser responsáveis se as coisas não dão certo. Precisamos buscar a união do grupo”.

Mais informações

“Nossa ideia era ter a posse de bola”, acrescentou, para explicar a ausência de Casemiro. “Queríamos apertar, queríamos atacar, queríamos recuperar a bola no ataque. Não o fizemos e pagamos por isso. A ideia era apostar em jogadores com experiência e qualidade para enfrentar um jogo deste nível e não deu certo”.

Benítez esforçou-se para lembrar que ele não é o único culpado da goleada por 4 a 0. “Sempre que ganha-se e perde-se todos temos participação nisso”, disse. “Dói, e dói muito perder desta maneira contra uma equipe como o Barcelona. Precisamos nos unir, trabalhar e melhorar as coisas para que possamos conseguir os três pontos na próxima rodada do campeonato”.

Não pensa em demissão

“Não falaria de atitude dos jogadores”, disse o técnico, que opinou que os atletas, ao contrário do que ele esperava, não se renderam. “Enfrentamos a uma boa equipe, cometemos erros e pagamos. Isso  foi complicando cada vez mais a partido para nós. Evidentemente, a oportunidade perdida por Marcelo no final do primeiro tempo é um ponto a ser lamentado. Se fosse gol nós teríamos ido para o intervalo com 1 x 2 e com possibilidades de entrar na partida. O Barça fez bem seu papel e cada vez foi mais difícil remontar o time. A equipe começou bastante bem o segundo tempo, com raiva. Depois ficou sem capacidade de reação”.

Benítez disse que não se preocupa com uma possível demissão: “A única coisa que me preocupa agora é preparar a equipe para a próxima partida".

Sergio Ramos comunicou ao deixar o Bernabéu que nas próximas semanas deverá ficar fora da equipe para se recuperar da lesão que sofre no ombro esquerdo.

O mais visto em ...Top 50