FC BARCELONAAnálise
i

Polêmica no futebol espanhol: o que é pior, xingar a mãe ou a irmã?

Na escala das ofensas, uma irmã na Argentina não tem a mesma hierarquia de uma mãe

Mascherano deixa o campo após ser expulso contra Eibar.
Mascherano deixa o campo após ser expulso contra Eibar.Vicens Gimenez

A diferença é sutil, mas importante. Não é o mesmo mandar alguém de volta à vagina da mãe que mandar ao mesmo lugar, mas da irmã. Mascherano foi expulso de campo no último domingo por ter mandado o juiz ao lugar tabu de todo argentino que se preze. Conto um pouco mais, caso alguém não entenda a diferença. Na Argentina e, especialmente, no imaginário de alguém de Buenos Aires, é muito mais grave ser insultado com o argentiníssimo “andá a la concha de tu madre” que com o mais difundido e cosmopolita “hijo de puta”. Para mim, especialmente, seria infinitamente mais ofensivo ouvir como é ferida a honra da minha progenitora que escutar como me mandam voltar ao lugar de onde saí para este mundo tão absurdo quanto lindo. Mas assim são as coisas na Argentina.

MAIS INFORMAÇÕES

A diferença entre o que disse o central argentino do Barcelona e o que o árbitro diz que ouviu e anotou em seu relatório, cria um mal-entendido, digno de ser citado. Acontece que o Sr. Del Cerro Grande diz que o bandeirinha foi pedido de maneira pouco decorosa se dirigisse à vagina da própria mãe. Enquanto Mascherano diz que não foi a da mãe, mas a da irmã. Na escala das ofensas proibidas, uma irmã na Argentina nunca terá a hierarquia ofensiva de uma mãe. Falta saber se o homem que dirigiu o encontro, tem irmã. Mãe tem porque senão agora não estaríamos falando dele. Isso deixa duas possibilidades. Que o zagueiro, uma pessoa educada em linhas gerais, apelou a um insulto mais inócuo para desabafar. Ou, como afirma o juiz em suas anotações, Mascherano realmente confirmou sua argentinidade inegociável com o clássico e sempre (para mim) enigmático e desonroso “andá a la concha de tu madre”. O estranho do caso é que o senhor Del Cerro Grande intuiu a sutil diferença. Uma mãe é uma mãe. Mas uma irmã também, especialmente se você tem uma.

Arquivado Em: