Seleccione Edição
Login

Por dentro da igreja evangélica Cidade de Refúgio

Como é um culto de uma igreja evangélica comandada por um casal de mulheres

  • Cidade de Refúgio
    1Público da Cidade de Refúgio, durante um culto no domingo 01 de março.
  • Cidade de Refúgio dízimo
    2Fiéis oram, no momento de se pagar o dízimo.
  • Pastora homossexual da igreja evangélica Cidade de Refúgio
    3A pastora Lanna Holder, durante a pregação no domingo, 01 de março.
  • A pastora Lanna Holder casada com outra mulher
    4A pastora Lanna Holder. Ao fundo, sua esposa, Rosania Rocha.
  • Igreja evangélica para homossexuais
    5Os fiéis se abraçam durante o culto do domingo, dia 01 de março.
  • Igreja evangélica para gays
    6Fiéis choram, enquanto oram durante o culto na Cidade de Refúgio.
  • Evangélicos homossexuais
    7O público da igreja evangélica é feito, em sua maioria, por homossexuais.
  • A pastora Rosania Rocha canta durante o culto. Ao fundo, sua esposa, a pastora Lanna Holder.
    8A pastora Rosania Rocha canta durante o culto. Ao fundo, sua esposa, a pastora Lanna Holder. Ir para a notícia
  • Fiéis, durante o culto da Cidade de Refúgio, realizado no domingo, dia 01 de março.
    9Fiéis, durante o culto da Cidade de Refúgio, realizado no domingo, dia 01 de março.
  • Fiéis oram durante o culto de domingo.
    10Fiéis oram durante o culto de domingo.
  • Pastoras gays
    11As pastoras Lanna Holder (à esquerda) e Rosania Rocha, durante o culto de domingo.
  • Fiéis durante o culto na Cidade de Refúgio, no domingo, dia 01 de março.
    12Fiéis durante o culto na Cidade de Refúgio, no domingo, dia 01 de março.