Super Bowl

Os 15 comerciais do Super Bowl que você precisa ver

A rede NBC cobrou em média 4,5 milhões de dólares por 30 segundos de publicidade

A final da liga de futebol americano, o conhecida Super Bowl, é muito mais do que uma final esportiva. É o evento televisivo mais assistido do ano. Um espetáculo que as redes norte-americanas (a cada ano o jogo é transmitido por um canal) sabem aproveitar ao máximo. Os comerciais transmitidos durante a partida são os mais caros da televisão. A rede NBC cobrou este ano uma média de 4,5 milhões de dólares (mais de 12 milhões de reais) por 30 segundos de publicidade.

Apesar das cifras exorbitantes, todo o espaço publicitário tinha sido vendido em meados de janeiro. Todas as empresas querem anunciar em uma partida que no ano passado foi acompanhada nos Estados Unidos por 111,5 milhões de espectadores. Assim, não é de se estranhar que os publicitários esbanjem criatividade para tentar atrair a atenção do público e aproveitar a vitrine midiática que é o Super Bowl.

Filmes como Tomorrowland ou Jurassic Park ou a volta da série Heroes aproveitaram para anunciar este ano no intervalo da partida. Outros comerciais recorreram a famosos, à polêmica ou a histórias menos engenhosas. Aqui vão os 15 anúncios que, por um motivo ou por outro, mais deram o que falar este ano.

1 - Walter White, um farmacêutico que vende seguros

2 - Pierce Brosnan continua se sentindo James Bond

3 - Budweiser, um clássico

4 - O reencontro da tribo dos Brady

5 - O Pac Man gigante

6 - Coca-Cola e a felicidade

7 - A tartaruga e o coelho

8 - O burrito voador

9 - Pais e filhos

10 - Pagar com abraços no McDonalds

11 - Um inquietante Jeff Bridges

12 - Conquistar com Doritos

13 - Primeiro comercial de uma empresa mexicana

14 - Afã de superação com a voz de Muhammad Ali

15 - Cães e gatos no Super Bowl