Barcelona em 50 detalhes

Dos gansos da catedral à praça do Diamante. Da confeitaria Escribà ao mirante da Casa Fuster. Uma rota de surpresas

Mercado dels Encants, em Barcelona. Ao fundo, a torre Agbar.
Mercado dels Encants, em Barcelona. Ao fundo, a torre Agbar.Albert García

Inspirados pela ideia da cidade como um museu secreto (incluindo os gansos que vivem no claustro da catedral), percorremos Barcelona buscando alguns de seus detalhes mais surpreendentes.

01 O dragão adormecido

Realidade ou ficção. O dragão do telhado da Casa Batlló acorda durante a visita a esta maravilha de Gaudí. É possível sentir sua respiração, o pulsar da casa, o movimento de seus elementos. A exposição em 3D recebeu o prêmio Videoguide 2013.

Endereço: Paseo de Gracia, 43. Site: www.casabatllo.es

02 Luxo de autor

A antiga sede do Banco Hispânico Americano abriga um hotel da rede Mandarin. Os arquitetos Carlos Ferrater e Juan Trias de Bes assinaram este projeto com o toque final da designer de interiores Patricia Urquiola. Não deixe de visitar o El Blanc Brasserie & Gastrobar, por sua decoração e culinária.

Javier Belloso

Endereço: Passeig de Gracia, 38-40. Site: www.mandarinoriental.es

03 A cidade inclinada

Através da fachada de vidro e inclinada do mirante do quinto andar é possível ver uma Barcelona com vista para o mar, os bairros Gótico e Cidade Velha, Montjuïc, o Tibidabo e a Torre de Collserola.

Endereço: Montalegre, 5. site: www.cccb.org

04 Jazz, cava e Gaudí

Se durante o dia é uma maravilha, à noite confere esse ar mágico, até misterioso. Visitas noturnas regadas com jazz e uma taça de cava para desfrutar de umas das obras-primas de Antoni Gaudí.

Endereço: Provença, 261. Site: www.lapedrera.com

05 Arte de hospital

A reforma recentemente inaugurada permite conhecer o maior ambiente modernista da Europa e uma das obras mais importantes do arquiteto Lluís Domènech i Montaner. Visitar o Sant Pau é penetrar na plenitude do modernismo e na história da instituição hospitalar.

Site: www.santpaubarcelona.org

06 Até o mais alto

Das 18 torres projetadas por Gaudí, oito foram construídas, quatro em cada fachada, e duas são acessíveis por elevador. Os ingressos para subir na torre da Paixão ou na do Nascimento não estão incluídos na entrada, e um conselho: comprem pela Internet para garantir o acesso.

Site: www.sagradafamilia.cat

07 Estúdio de cinema

Uma igreja barroca, edifícios de associações, grandes pés de acácia, uma fonte e um ambiente íntimo. Inspiração para filmar uma das principais cenas de Perfume – A História de um Assassino (2006).

Endereço: Praça Sant Felip Neri.

08 Gansos e santos

No claustro da catedral, 13 gansos vagam de um lado para o outro; o número é equivalente à idade de Santa Eulália quando foi martirizada. Na fonte central, durante as celebrações de Corpus Christi, desde 1636 mantém-se a tradição do ou com balla(dança do ovo, que é colocado vazio em cima de um jato de água que se move sem cair). E faça uma visita às capelas de Santa Lúcia, românica; Sant Oleguer e à cripta de Santa Eulália, com seu túmulo gótico.

Um exemplar do EL PAÍS na caixa de correio de mármore da Ordem de Advogados.
Um exemplar do EL PAÍS na caixa de correio de mármore da Ordem de Advogados.Fernando Bengoechea

Site: www.catedralbcn.org

09 A lentidão da justiça

O arquiteto modernista Lluis Domènech i Montaner projetou em 1902 uma original caixa postal de mármore para a que era na época a sede da Ordem de Advogados. Cinco andorinhas, uma hera e uma tartaruga para mostrar o quanto alto deveria voar a justiça, os obstáculos da burocracia e a lentidão com que trabalha. Quem toca o casco da tartaruga tem um ano de sorte.

Endereço: Santa Llúcia, 3.

10 Os banhos públicos de Lucius Minicius

No Centro Cívico Pati Llimona encontra-se a porta de saída para o mar da muralha romana e os banhos públicos que o atleta olímpico Lucius Minicius Natalis presenteou à cidade.

Endereço: Regomir, 7.

11 Outra de romanos

Três impressionantes colunas do templo de Augusto nos esperam na sede do Centre Excursionista de Catalunya (Paradís, 10). O perímetro da muralha romana pode ser seguido em vários pontos do centro da cidade, como a praça de Ramón Berenguer, onde se encontra um dos trechos mais conservados. Na Praça Nova, restos do aqueduto; e não perca a via sepulcral da Praça Vila de Madrid.

Salão do Hotel Mercer, na capital catalã
Salão do Hotel Mercer, na capital catalã

Site: www.barcelonaturisme.com/Ruta-Romana

12 O hotel de Moneo

No coração do Gótico, este hotel de 28 quartos é um espelho da história da cidade. Vestígios da muralha romana de Barcino, elementos medievais e modernos dão ao Mercer uma personalidade única. Seu artífice, o arquiteto Rafael Moneo.

Antiga casa da moeda de Barcelona
Antiga casa da moeda de Barcelona

Endereço: Calle dels Lledó, 7. Site: www.mercerbarcelona.com

13 Fabricando moedas

Foi a casa da moeda mais importante da Espanha e funcionou durante quatro séculos. Depois foi utilizado para a produção de adobos (molho de origem espanhola que pode ser usado para marinadas), depósito de remédios e discoteca. Hoje é a sede da La Seca-Espai Brossa, um projeto teatral inovador.

Endereço: Flassaders, 40. Site: www.laseca.cat

14 Um bosque de fadas

Além de conferir as imagens de cera é preciso visitar o café El Bosc de les Fades, um mundo mágico recriado nos mínimos detalhes. E ao lado, umas das lojas mais originais de Barcelona, ideal para quando as ideias de presente se esgotam.

Endereço: Pasaje Banca, 7. Site: www.museocerabcn.com

15 Piolho consciente

Quando, em 1932, Jean Genet passava dificuldades nesta rua do bairro Raval (Diário de um Ladrão, 1949) — “Fui assim um piolho com a consciência de sê-lo" —, o mosteiro de Sant Llàtzer, a emblemática loja de tecidos El Indio, a igreja barroca Betlem e o antigo hospital Santa Creu deviam ser como hoje, testemunhas impassíveis da transformação dos dias. E também vale a pena dar uma passada no restaurante Carmelitas, localizado onde estava o antigo convento do Carmo.

Endereço: Doctor Dou, 1.

16 Cores ondulantes

Em 2015 será o décimo aniversário da reforma deste emblemático mercado. Enric Miralles e Benedetta Tagliabue deram personalidade ao edifício e energizaram a região. Não perca o teto ondulado e colorido, nem a fonte de Tagliabue, montada com os antigos balcões de mármore que eram utilizados para lavar e vender bacalhau. Ao redor, um punhado de restaurantes onde servem deliciosa comida de mercado e, no interior, Les Cuines de Santa Caterina.

Imagem da loja-oficina de Carme Balada
Imagem da loja-oficina de Carme Balada

Endereço: Avenida de Francesc Cambó, 16. Site: www.mercatsantacaterina.com

17 Tradição contemporânea

Influências japonesas e africanas e a natureza como referência. O trabalho da ceramista Carme Balada merece uma visita à sua loja-oficina na rua Freixures, 29.

Site: www.carmebalada.com

18 Carroceiros protegidos

Escondida atrás da rua Carders, no Born, é uma das igrejas mais antigas de Barcelona. De estilo românico, é possível contemplar uma parte de sua estrutura original do século XII. Os chamados traginers (carroceiros) visitavam o local para pedir à Virgem que velasse por eles.

19 Ovos para Santa Clara

Esta joia do gótico catalão foi utilizada pela comunidade de freiras da Ordem das Clarissas até 1983. Hoje vivem em um edifício contíguo e a tradição de oferecer ovos a Santa Clara, para garantir sol no dia do casamento, permanece. As pinturas da capela de Sant Miquel, obra de Ferrer Bassa, considerado o Giotto catalão, são impressionantes, e o claustro gótico é o maior do mundo.

Endereço: Baixada del Monestir, 9. Site: www.bcn.cat/monestirpedralbes

20 As bombas da Guerra Civil

Quatrocentos metros de túneis de arco com 1,6 metro de largura e 2 metros de altura. No percurso do refúgio, é possível ver ambientes como lavabos, uma fonte e uma enfermaria, entre outros. Um testemunho chocante.

Endereço: Nou de la Rambla, Site: http://museuhistoria.bcn.cat

21 Fabricante de azulejos

Um rico fabricante de azulejos encarregou o arquiteto Antoni Gaudí de construir sua residência no bairro de Gracia. Coberta de espetaculares azulejos verdes e brancos e com um toque oriental e árabe, uma fantasia eletrizante. Em reforma, será reaberta em breve.

Endereço: Calle Carolines, 24.

22 A marca racionalista

Obra pública dos anos trinta de Josep Lluís Sert. A Generalitat (o Governo da Catalunha) republicana construiu a clínica em 1934, em seu projeto de socializar a saúde. Foi o primeiro edifício público racionalista em Barcelona: linhas retas e formas geométricas simples.

Endereço: Torres i Amat, 8.

23 Piscina urbana

Construída em 1870 para o abastecimento de água dos primeiros edifícios do bairro L’Eixample, em 1987 o interior do bloco onde está localizada transformou-se em jardim e piscina.

Endereço: Llúria, 56.

24 O vulcão iluminado

Chaplin disse que Carmen Amaya era “um vulcão iluminado por excelentes flashes de música espanhola.” A dançarina nasceu em Somorrostro, um dos bairros mais pobres da cidade, hoje já extinto, embora o nome permaneça em um dos trechos das praias de Barcelona. Também é possível visitar a fonte de Carmen Amaya, na Barceloneta, perto de onde morava, e uma pequena estátua na montanha de Montjuïc.

25 Baterias Antiaéreas

As melhores vistas de Barcelona. Em 1938, foram construídos vários abrigos para proteção devido à Guerra Civil e depois do conflito a região passou a ser ocupada por um bairro de quartéis chamado Los Cañones. Ambos podem ser visitados; o projeto desenvolvido na região recebeu o Prêmio Europeu de Espaço Público em 2012.

Endereço: Maria Labèrnia, s/n. Site: museuhistoria.bcn.cat/es

26 O farol de Cerdà

Foi o primeiro farol do porto de Barcelona, construído em 1722, e se transformou em relógio em 1904. Localiza-se onde, segundo o planejamento da cidade feito por Ildefons Cerdà, se cruzam duas grandes avenidas Paral.lel e Meridiana.

Casa dos Caracóis no cruzamento das ruas Tamarit e Entença de Barcelona.
Casa dos Caracóis no cruzamento das ruas Tamarit e Entença de Barcelona.Carles Ribas

Endereço: Moll de Pescadors, s/n.

27 Caracóis no corrimão

“São esplêndidos e têm um ar ao mesmo tempo ingênuo e enigmático”. Ignacio Vidal Folch, em seus passeios pela cidade, para diante da fachada dessas duas casas enfeitadas com infinitos caracóis. Dizem que o proprietário encontrou um tesouro enquanto buscava esses animaizinhos. Por isso lhes dedicou o prédio em 1895.

Endereço: Tamarit, 89 / Enteça, 2.

28 O baile das lâmpadas

Em plena área industrial, na Zona Franca, aparece este grande espaço de mil metros quadrados dedicado à dança localizado na antiga fábrica de lâmpadas que a Philips tinha na cidade.

Abertura do novo Centro de Arte Contemporânea de Barcelona na reformada fábrica Fabra i Coats de Sant Andreu.
Abertura do novo Centro de Arte Contemporânea de Barcelona na reformada fábrica Fabra i Coats de Sant Andreu.Marcel·lí Sàenz

Endereço: Jane Addams, 14-16. Site: granerbcn.cat

29 Tecendo arte

O Centro de Arte Contemporânea de Barcelona localiza-se na antiga fábrica têxtil Fabra i Coats, no bairro de Sant Andreu. A recuperação do complexo fabril permitiu preservar o conjunto de edifícios e proporcionar à cidade um impressionante centro cultural.

Endereço: Sant Adrià, 20. Site: centredart.bcn.cat

30 Jardins e flores

A Casa da Água é um espaço verde, de jardins e parques, mas há apenas 25 anos servia para o abastecimento de água de Barcelona. Uma exposição permanente, A Revolução da Água em Barcelona, desvenda os segredos da monumental tarefa dessa instalação desde os tempos romanos até a atualidade.

31 A 12 metros abaixo da terra

Se em Barcelona há um bairro com praças agradáveis, sem dúvida é o Gracia. A do Diamant, com ares literários –devido ao extraordinário romance de Mercé Rodoreda La Plaza Del Diamante (Praça do Diamante, Editora Dom Quixote), um dos favoritos de García Márquez– tem bom ambiente, restaurantes e pátios. Seu subsolo esconde um dos maiores abrigos antiaéreos construídos durante a Guerra Civil.

Endereço: Praça do Diamant, 10.

32 Manifesto Gaudí

Nenhuma outra obra de Gaudí reflete sua visão do mundo e da sociedade como o Park Güell. O centro de interpretação do Park Güell, localizado na casa do porteiro, permite descobrir os sistemas de construção utilizados pelo gênio. Mapas, maquetes, fotografias e material audiovisual sobre o projeto do parque, construído entre 1900 e 1914. Ao sair da casa, observe o dragão colorido da escadaria.

Visita dos alunos de um instituto ao Mercat de les Flors
Visita dos alunos de um instituto ao Mercat de les FlorsLluis Gutierrez

Sites: www.museuhistoria.bcn.cat e www.parkguell.cat

33 Barceló e Amat

Além de sua interessante programação teatral, no Mercat de les Flors destaca-se a grande cúpula de Miquel Barceló, de 12 metros de diâmetro por 4 metros de altura, e atrás do edifício, o mural Les Olles de Frederic, uma proposta original de grande simbolismo realizada com 1.500 folhas de cerâmica esmaltada.

Site: http://mercatflors.cat/es/

34 Chocolate cênico

Se as qualidades do bom chocolate são acrescentadas a um lugar bonito, o resultado é a confeitaria Escribà de La Rambla. O edifício modernista de 1902, obra do cenógrafo Ros Güell, havia sido a sede da fábrica Figueras, pioneira em massas e semolina desde 1842. Atenção aos mosaicos da fachada e a cristaleira chumbada no interior.

Endereço: Rambla de les Flors, 83. Site: www.escriba.es

35 Mirante da Passeig de Gracia

O pátio desse edifício de Domènech e Montaner (1908) —hotel Casa Fuster— é o único ponto de Barcelona com um panorama completo da avenida Passeig de Gracia.

Loja Vincon em Barcelona
Loja Vincon em Barcelona

Endereço: Passeig de Gracia, 132. Site: http://casafuster.barcelonahotels.it/hotel-es.html

37 Alma de design

Lojas de objetos com tradição e bom gosto contemporâneo que conta com a vantagem de estar localizada no imóvel onde morou o pintor Ramon Casas (1866-1932). Sempre com novas propostas de bom design no coração da cidade. Atenção à sua sala de exposições, que foi a oficina de Casas.

Endereço: Passeig de Gracia, 96. Site: www.vincon.com

37 Moradias sociais

Outro magnífico exemplo de arquitetura racionalista em Barcelona (1933) promovido pelo Grup d’Arquitectes i Tècnics Catalans per al Progrés de l’Arquitectura Contemporània (GATCPAC), obra de Sert.

Fundação Joan Miró, em Monjuich
Fundação Joan Miró, em MonjuichConsuelo Bautista

Endereço: Passeig Torras i Bages, 103. Site: www.museudeldisseny.cat.

38 Uma obra-prima de Sert

O edifício idealizado por Josep Lluís Sert no começo dos anos setenta para abrigar a obra de Miró é por si só uma maravilha.

Endereço: Parc de Montjuïc, s/n. Site: www.fundaciomiro-bcn.org

39 Renovar ou morrer

Um dos mercados mais antigos da Europa estreou este ano seu novo edifício. Passar uma manhã fazendo compras ou xeretando sob o novo e enorme teto dourado brilhante (obra da equipe b720).

Endereço: Avenida Meridiana, 69. Site: www.encantsbcn.com

40 Can Framis

No coração do bairro tecnológico 22@, não perca este museu de arte contemporânea localizado na antiga fábrica têxtil do final do século XVIII.

Endereço: Roc Boronat, 116-126. Site: www.fundaciovilacasas.com

41 O grande colecionador

Localizado no antigo Palau Reial, este museu reúne as coleções, desde esculturas góticas até de charutos de seu fundador, o escultor Frederic Marès (1893-1991). Não vá embora sem tomar algo em seu pátio gótico.

Endereço: Praça de Sant Iu. Site: http://w110.bcn.cat/portal/site/MuseuFredericMares

42 Memórias de uma pousada

Três grandes nomes do modernismo assinaram a execução do Hotel España: Domènech i Montaner, Eusebi Arnau e Ramon Casas. Reformada em 2010, hoje sua cozinha é comandada por Martín Berasategui.

Endereço: Sant Pau, 9-11. Site: www.hotelespanya.com

43 Cinema no Raval

Em 2012 foi inaugurada no bairro Raval a nova sede da Filmoteca, obra do arquiteto Josep Lluís Mateo, um edifício que, embora de grandes dimensões, se integra plenamente em seu ambiente, de bairro.

Endereço: Praça de Salvador Seguí, 1-9. Site: www.filmoteca.cat

44 O diabólico gatão

Em Barcelona: Museu Secreto, de Ignacio Vidal-Folch (em espanhol, Editora Actar), o escritor relaciona o gato de Botero, escultura localizada na Rambla do Raval, com o “diabólico gatão” que Bulgakov descreve em seu romance O Mestre e Margarida.

Jardim em Monjuich, Barcelona
Jardim em Monjuich, BarcelonaConsuelo Bautista

Endereço: Rambla del Raval, s/n.

45 Passeio romântico em Montjuïc

Caminhar entre canteiros, cascatas, gazebos e pérgulas, recantos românticos, e tudo isso envolto pelo silêncio. Foram criados entre 1917 e 1924 por Jean Claude Forestier e Nicolau M. Rubió Tudurí.

Endereço: Praça de Santa Madrona, 2.

46 A Expo de 1888

Do antigo pavilhão suíço, hoje uma escola, o edifício de Castell dels Tres Dragons de Domènech i Montaner, até a cascata e o lago, o passeio por este parte, com seus jardins românticos, é uma maravilha.

Endereço: Parque de la Ciutadella, s/n.

47 Barcelona 1714

Um dos poucos edifícios que ficaram de pé do antigo forte militar, erguido depois da derrota de Barcelona em 1714 e que hoje é sede do Parlamento catalão. Em frente, a delicada escultura de Josep Llimona O Desconsolo.

Endereço: Parque de la Ciutadella, s/n.

48 Cromatismo e texturas

A obra Núvol i Cadira (Nuvem e Cadeira) domina a fachada dessa instituição que, desde 1990, é referencia em arte contemporânea da cidade. O edifício modernista de Domènech i Montaner foi a sede da importante editora Montaner i Simón.

Endereço: Aragó, 255. www.fundaciotapies.org

49 Ambiente boêmio

Uma visita ao local recuperado da rua Montsió para admirar o edifício de Puig i Cadafalch e lembrar os encontros da boemia do início do século XX.

Endereço: Montsió, 3. Site: www.4gats.com

50 Lembrança olímpica

Uma última visão de Barcelona, esta certamente inesquecível, que nos leva a 1992 e à imagem do mergulhador de trampolim e da silhueta da cidade ao fundo.

Endereço: Avenida Miramar, 31.

Arquivado Em: