Seleccione Edição
Login

Nos bastidores de ‘Game of Thrones’

Sevilha, na Espanha, é palco das filmagens da série que é um dos maiores hits da TV atual

Nikolaj Coster-Waldau durante filmagem em Sevilha.
Nikolaj Coster-Waldau durante filmagem em Sevilha.

“Ação!” Silêncio absoluto, ninguém se move no Salão dos Embaixadores do Real Alcázar de Sevilha, na Espanha. Um intenso cheiro de incenso envolve os atores e as cerca de 30 pessoas que os rodeiam, sem contar o reduzido grupo de jornalistas que assiste à gravação. Sob uma impressionante cúpula, o ator Nikolaj Coster-Waldau começa a cena de pé. Jaime Lannister está no reino de Dorne. Senta-se em um sofá de uma luxuosa sala para dialogar com outros personagens. Um alerta para os jornalistas: é totalmente proibido contar o que ocorre nem quais personagens estão nesta sequência. Além disso, é o nono capítulo da quinta temporada, e já se sabe: os capítulos número 9 do Game of Thrones são especiais. Segredo máximo.

O diretor David Nutter está no comando do episódio ao qual pertence esta cena, gravada na quinta-feira em Sevilha. Trata-se do mesmo diretor que se encarregou de adaptar para a televisão o já superconhecido “casamento vermelho”. Por meio de uma coluna e através de três pequenas telas acompanham com atenção as três câmeras com as quais trabalham. Os assistentes da gravação continuam em silêncio, sem se atrever a fazer nenhum movimento. Estão nos bastidores de uma das maiores produções dessa época dourada da televisão e ninguém quer ser o protagonista involuntário.

A claquete de 'Game of Thrones'.
A claquete de 'Game of Thrones'.

Um pouco mais afastados, David Benioff e Daniel B. Weiss, criadores, roteiristas e principais responsáveis por Game of Thrones, também prestam atenção a todos os detalhes através de vários monitores. Dois minutos depois, a ação diante das câmeras é concluída ao grito de “cortem!”. Os assistentes de filmagem já podem respirar tranquilos. Os atores relaxam os semblantes. Agora é hora de revisar, medir distâncias e luz, voltar a colocar tudo e repetir.

Antes de entrar no Salão dos Embaixadores, os atores descansam no Pátio do Assistente. Lannister conversa com os roteiristas enquanto aguenta o calor do sol de Sevilha, aumentado, com certeza, pelo figurino. Alguns dos figurantes espanhóis também esperam para participar em uma filmagem que desde a última sexta-feira, 10 de outubro, até esta sexta foi realizada em Sevilha e que agora será transferida para Osuna. São dias de trabalho intenso, nas quais oito horas de gravação resultam em apenas quatro minutos de filmagem.

A série escolheu Sevilha para representar o reino de Dorne, nas terras do sul do mundo criado pelo escritor George R.R. Martin

Apesar da chuva dos últimos dias, o plano de gravação da série, transmitida no Brasil pela HBO, não foi alterado com exceção da quarta-feira, segundo revela Peter Welter, da Fresco Film Services, empresa encarregada da produção na Espanha. “Como as previsões eram muito ruins, dividimos a filmagem em três equipes para poder continuar.” A série escolheu Sevilha para representar o reino de Dorne, nas terras do sul do mundo criado pelo escritor George R.R. Martin. Mas encontraram chuvas e dias nublados algo que, segundo a HBO, será resolvido com pós-produção. “Estamos acostumados a gravar na Irlanda do Norte, por isso a chuva não vai nos impedir”, comenta Weiss.

Na quinta-feira também ocorreu a visita institucional à filmagem, com a presença do embaixador dos Estados Unidos na Espanha, James Costos, da presidenta do Conselho de Andaluzia, Susana Díaz, e do prefeito de Sevilha, Juan Ignacio Zoido, entre outros. Alguns deles compartilharam nas redes sociais imagens com os atores da série. Os jornalistas, por sua vez, não tiveram oportunidade de fazer selfies.

Este foi um dos poucos dias nos quais a equipe da série filmou nos interiores do Real Alcázar. De acordo com a equipe de produção, há dois dias o cenário foi a impressionante Fonte de Mercúrio, última passagem dos visitantes pelo palácio sevilhano, um espaço de sonhos que agora já está novamente tomado pelos turistas.

Mas antes de chegar aqui, no caminho em direção à saída do Real Alcázar, os assistentes de filmagem descobrem que outro ator da série está tomando o sol enquanto come um lanche. Os visitantes o cumprimentam; ele responde balançando a mão e sorrindo. “Nem pensem em dizer quem é, vocês não o viram. Não se sabe que esse personagem está nas cenas, seria um spoiler.” No começo de abril de 2015 será o momento de saber o que acontece com Lannister, Stark, Baratheon e companhia. Até então, alguns dos segredos de Game of Thrones continuarão guardados pelos muros centenários do Real Alcázar.

A temporada “mais ambiciosa”

“Poder gravar no Real Alcázar é incrível. Quando lemos os livros de George R.R. Martin nunca imaginamos que íamos encontrar um lugar assim”, afirmam David Benioff e Daniel B. Weiss, criadores do Game of Thrones. Na verdade, como esclarece Peter Welter, produtor da Fresco Film Services, a HBO já tinha em mente o que queria para a nova temporada.

“Tinham muito claro que queriam o Real Alcázar. O produtor da série, Frank Doelger, havia gravado aqui há 20 anos e conhecia o lugar.”

Segundo Benioff e Weiss, a quinta temporada da série será a mais ambiciosa até o momento. "Algumas das coisas que estamos gravando na Espanha estão entre as mais ambiciosas que já fizemos”, acrescentam antes de mostrar interesse em voltar às terras espanholas em futuras produções. “Embora seja caro gravar aqui, adoramos e é perfeito para a série.

Ainda não há dados sobre o impacto econômico deixado pela filmagem de uma produção desse porte, mas, segundo o embaixador norte-americano na Espanha, James Costos, “em Sevilha o turismo aumentou 15%. Game of Thrones é uma das séries mais acompanhadas do mundo e os fãs vão visitar seus locais”.