Morre Isidoro Álvarez, presidente da rede espanhola El Corte Inglés

O empresário foi internado em Madri na quarta-feira passada devido a uma insuficiência respiratória

Isidoro Álvarez, presidente do El Corte Inglés, depois de uma reunião de acionistas em agosto.
Isidoro Álvarez, presidente do El Corte Inglés, depois de uma reunião de acionistas em agosto.LUIS SEVILLANO

O presidente do El Corte Inglés, Isidoro Álvarez, de 79 anos, faleceu este domingo. O empresário havia sido internado na quarta-feira passada no Hospital Universitário Puerta de Hierro de Majadahonda em Madri. Álvarez deu entrada no hospital com urgência às 4h da madrugada no horário local, em consequência de um quadro de insuficiência respiratória, segundo informou uma porta-voz da companhia.

A última aparição pública do máximo dirigente da gigante no ramo de distribuição aconteceu em 31 de agosto, durante uma reunião geral de acionistas do grupo.

Isidoro Álvarez, também presidente do conselho de curadores da Fundação Ramón Areces, era considerado um dos grandes especialistas espanhóis em distribuição comercial. Nascido em Borondes, Astúrias (Espanha), em 1935, era formado em Ciências Econômicas e Empresariais pela Universidade Complutense desde 1957.

Mais informações

O executivo iniciou sua carreira na rede espanhola de lojas de departamento aos 18 anos e, em 1959, foi nomeado conselheiro da sociedade e da Induyco, uma empresa filiada dedicada ao setor têxtil. Depois do falecimento de Ramón Areces, em 2 de agosto de 1989, Álvarez foi nomeado presidente do El Corte Inglés.

Em 5 de julho, o El Corte Inglés contratou o empresário Manuel Pizarro como presidente adjunto do grupo, um cargo novo na companhia e com o qual se pretendia reforçar a equipe financeira da holding. No ano passado, o presidente Álvarez nomeou como diretor-geral da companhia seu sobrinho Dimas Gimeno, que desenvolveu sua carreira na gigante do setor de distribuição espanhol.