Provocação e tamanhos grandes no calendário Pirelli

O fotógrafo Steven Meisel e a estilista Carine Roitfeld incluem a modelo XL Candice Huffine na edição de 2015

Candice Huffine, por Steven Meisel.
Candice Huffine, por Steven Meisel.

Apesar de já ter completado 50 anos, o sex-appeal do calendário Pirelli permanece imune. E também a sua capacidade de gerar manchetes a partir da hora em que as primeiras imagens são reveladas até o seu lançamento em grande estilo. Nesta ocasião, os ganchos são vários. Que mais ecoou foi a inclusão, pela primeira vez no emblemático calendário, de uma modelo de tamanho grande, a norte-americana Candice Huffine.

O responsável por fotografar suas páginas para 2015, Steven Meisel, foi o principal impulsionador da carreira de Huffine, ao retratá-la em junho de 2011 para uma já famosa capa da Vogue Italia, junto com outras modelos XL. Sobre sua inclusão no Pirelli, Huffine disse: “Minha presença nesta sessão, a mais glamurosa do mundo, é um sinal de que alguma coisa está mudando na moda”.

Surpreende que Meisel, versado na arte de captar a provocação sexual, não tivesse sido chamado antes pela fábrica italiana de pneus. O homem que excitou o planeta na década de noventa com o livro Sex, de Madonna, se inspirou desta vez em ícones como Brigitte Bardot, Jerry Hall e a Mulher-Gato, utilizando generosas doses de látex e acenos ao fetichismo.

Raquel Zimmermann, na sessão de fotos do novo calendário.
Raquel Zimmermann, na sessão de fotos do novo calendário.MARC REGAS (PIRELLI)

Seu particular estilo associado às dominatrix se soma ao de outros gigantes da fotografia, como Patrick Demarchelier e Peter Lindbergh (com seus nus estilosos), Mario Testino (com sua sexualidade opulenta), Karl Lagerfeld (com seus torsos monocromáticos), Terry Richardson (mais explícito e sujo) e o fotógrafo de guerra Steve McCurry (o mais recatado de todos).

A outra notícia, para os fashionistas, é que Corine Roitfeld, ex-diretora da Vogue Paris, foi a estilista convidada. A atual diretora global de moda da Harper’s Bazaar trouxe sangue novo ao casting.

Junto com algumas das suspeitas de sempre em suas páginas, como Isabeli Fontana (fotografada oito vezes para o Pirelli), Adriana Lima (três vezes), Karen Elson (duas), Joan Smalls (duas), Raquel Zimmermann e Natalia Vodianova (retratada poucos dias depois de dar à luz seu quarto filho com o herdeiro da LVMH, Antonie Arnault), Roitfeld incorporou a última musa de Tom Ford, a norte-americana Gigi Hadid, de 19 anos.

O calendário Pirelli de 2015 foi fotografado em maio, em Nova York, e será lançado em novembro, com apenas 17.000 exemplares.

A modelo Adriana Lima.
A modelo Adriana Lima.MARC REGAS (PIRELLI)