Provocação e tamanhos grandes no calendário Pirelli

O fotógrafo Steven Meisel e a estilista Carine Roitfeld incluem a modelo XL Candice Huffine na edição de 2015

Candice Huffine, por Steven Meisel.
Candice Huffine, por Steven Meisel.MARC REGAS / PIRELLI

Apesar de já ter completado 50 anos, o sex-appeal do calendário Pirelli permanece imune. E também a sua capacidade de gerar manchetes a partir da hora em que as primeiras imagens são reveladas até o seu lançamento em grande estilo. Nesta ocasião, os ganchos são vários. Que mais ecoou foi a inclusão, pela primeira vez no emblemático calendário, de uma modelo de tamanho grande, a norte-americana Candice Huffine.

O responsável por fotografar suas páginas para 2015, Steven Meisel, foi o principal impulsionador da carreira de Huffine, ao retratá-la em junho de 2011 para uma já famosa capa da Vogue Italia, junto com outras modelos XL. Sobre sua inclusão no Pirelli, Huffine disse: “Minha presença nesta sessão, a mais glamurosa do mundo, é um sinal de que alguma coisa está mudando na moda”.

Surpreende que Meisel, versado na arte de captar a provocação sexual, não tivesse sido chamado antes pela fábrica italiana de pneus. O homem que excitou o planeta na década de noventa com o livro Sex, de Madonna, se inspirou desta vez em ícones como Brigitte Bardot, Jerry Hall e a Mulher-Gato, utilizando generosas doses de látex e acenos ao fetichismo.

Seu particular estilo associado às dominatrix se soma ao de outros gigantes da fotografia, como Patrick Demarchelier e Peter Lindbergh (com seus nus estilosos), Mario Testino (com sua sexualidade opulenta), Karl Lagerfeld (com seus torsos monocromáticos), Terry Richardson (mais explícito e sujo) e o fotógrafo de guerra Steve McCurry (o mais recatado de todos).

A outra notícia, para os fashionistas, é que Corine Roitfeld, ex-diretora da Vogue Paris, foi a estilista convidada. A atual diretora global de moda da Harper’s Bazaar trouxe sangue novo ao casting.

Junto com algumas das suspeitas de sempre em suas páginas, como Isabeli Fontana (fotografada oito vezes para o Pirelli), Adriana Lima (três vezes), Karen Elson (duas), Joan Smalls (duas), Raquel Zimmermann e Natalia Vodianova (retratada poucos dias depois de dar à luz seu quarto filho com o herdeiro da LVMH, Antonie Arnault), Roitfeld incorporou a última musa de Tom Ford, a norte-americana Gigi Hadid, de 19 anos.

O calendário Pirelli de 2015 foi fotografado em maio, em Nova York, e será lançado em novembro, com apenas 17.000 exemplares.