Beyoncé pode com Oprah e mais

A cantora é coroada pela 'Forbes' como a celebridade mais poderosa do mundo

A cantora Beyoncé, atuando em Miami na passada quarta-feira.
A cantora Beyoncé, atuando em Miami na passada quarta-feira.

A Forbes disse: Beyoncé é a nova rainha da indústria do entretenimento. Isso significa que Oprah Winfrey caiu do posto mais alto da exclusiva lista anual da publicação dedicada a elencar os ganhos e o status dos poderosos. E o mais significativo é que a apresentadora e empresária caiu de uma vez do primeiro para o quarto lugar. Entre essas duas máquinas de gerar dinheiro e fãs encontram-se a estrela do basquete LeBron James e o rapper convertido em homem de negócios Dr. Dre.

A mudança de cetro no ranking das celebridades mais poderosas não é nenhuma surpresa tendo em vista o último ano estelar da cantora. A segunda dama dos Estados Unidos cobra cerca de 2,5 milhões de dólares (5,54 milhões de reais) por escala de sua turnê mundial. Multiplicando-se pelos cerca de 95 shows que fez, é possível ter uma ideia do montante de dinheiro que move.

Isso sem contar a forma como apareceu de surpresa na loja eletrônica da Apple com seu novo trabalho intitulado simplesmente Beyoncé, sem sequer precisar de publicidade já que disso se encarregaram os meios de comunicação em escala global. Para não falar do contrato com a marca de refrigerantes Pepsi ou a de roupas H&M, suas múltiplas fragrâncias e o negócio de roupas que mantém.

A Forbes calcula que a cantora e empresária ganhou 115 milhões de dólares (254,44 milhões de reais) no último ano, contra os 82 milhões de dólares (181,42 milhões de reais) de Oprah. A riqueza de Beyoncé dispara quando se combina com os 60 milhões de dólares (132,75 milhões de reais) de seu marido e sócio, Jay-Z, que ocupa o sexto lugar atrás da apresentadora Ellen DeGeneres. Isso os transforma no casal mais poderoso entre os famosos.

LeBron James, que acaba de anunciar semana passada que está livre para quem o quiser em sua equipe, aparece na segunda posição com um total de 72 milhões de dólares (159,30 milhões de reais). O ainda jogador do Miami Heat tem entre seus principais patrocinadores marcas globais como Nike, Coca-Cola, Samsung e McDonald´s. Como outras celebridades, está sabendo explorar seus dotes de empreendedor.

O terceiro lugar na lista da Forbes é ocupado agora por Dr. Dre. E o faz em grande estilo, pois nunca antes um de seus membros havia aparecido de tal maneira no topo. Não apenas é o mentor de grandes artistas e uma das figuras mais influentes no mundo da música, como é agora uma das grandes fortunas do mundo após vender os fones de ouvido Beats para a Apple.

O dinheiro não é a única coisa que conta para essas personalidades. Também é analisada sua relevância nas redes sociais. Justin Bieber é a celebridade mais poderosa do Twitter, Facebook e Youtube, mas isso não evitou uma queda do sexto lugar ao 33° posto na última lista. Completam o top 10 o boxeador Floyd Mayweather, as cantoras Rihanna e Katy Perry e o ator Robert Downey Jr.

Os mais jovens do clube são a cantora Miley Cirus, Justin Bieber e a modelo Kate Upton, junto com a atriz Jennifer Lawrence e a cantora Taylor Swift. Se antiguidade é uma graduação no mundo dos famosos, o maior é o cantor Paul McCartney, seguido pelo escritor James Patterson, o cineasta Steven Spielberg, o escritor Stephen King e a atriz Meryl Streep.