TERMÔMETRO ECONÔMICO E SOCIAL DA AMÉRICA

Mujica critica a desigualdade da América Latina em evento do Banco Mundial

Entre os desafios, o presidente do Uruguai mencionou a maior capacitação de profissionais e melhorar a produtividade da força de trabalho atual

O presidente do Uruguai, José Mujica, criticou a desigualdade que persiste na América Latina durante o diálogo 'sincorbata' (sem gravata) na sede do Banco Mundial em Washington.

Utilizando uma metáfora futebolística, Mujica disse que a região é “a que pior distribui o jogo no mundo e nós (Uruguai) somos campeões de quarta divisão”, em alusão aos lucros econômicos e sociais do país sul-americano durante a última década.

No diálogo com o vice-presidente regional do Banco Mundial, Jorge Familiar, o mandatário de 78 anos se referiu aos desafios que a América Latina e o seu país devem enfrentar no futuro: uma maior capacitação de profissionais e melhorar a produtividade da força de trabalho atual, especialmente em seu país que, como ele mesmo qualificou, "está cheio de veteranos".

O mais visto em ...

Top 50