O técnico da seleção do México promete “alegrias à torcida” na Copa

Miguel Herrera revela a lista de 23 jogadores que disputarão os jogos no Brasil

Miguel Herrera mostra a lista dos jogadores que irão à Copa.
Miguel Herrera mostra a lista dos jogadores que irão à Copa.HENRY ROMERO (REUTERS)

O mistério terminou. O segredo que Miguel Piojo Herrera, o técnico da seleção do México, manteve durante semanas sobre o nome dos jogadores que viriam com ele ao Brasil para disputar a Copa do mundo chegou ao seu fim. Nesta sexta-feira, a lista de 23 jogadores foi divulgada. Herrera fez uma base com a equipe que ganhou a medalha de ouro em 2012 nos Jogos de Londres e com cinco jogadores do clube América, a equipe que treinava até dezembro de 2013. Na Copa, o México enfrentará o Brasil, Croácia e Camarões. “Vamos trazer alegrias à torcida”, disse o técnico.

Dez dos jogadores convocados já jogaram um Mundial. O veterano ex-defesa do Barcelona, Rafael Márquez, que jogará sua quarta copa consecutiva, será o capitão da equipe. Márquez veste hoje a camiseta do León, o atual campeão do futebol mexicano. O clube, propriedade do empresário Carlos Slim, é a segunda equipe que mais jogadores contribuiu à seleção, com quatro. O primeiro é o América, de Emilio Azcárraga, o dono da Televisa, a rede mais importante do país.

“A lista foi feita com toda a independência e toda a autonomia. Não teve mediação por nenhum meio, de nenhum patrocinador. Foi uma decisão de Miguel Herrera com a assessoria da equipe técnica”, disse nesta sexta-feira Héctor González Iñárritu, responsável pelas seleções nacionais da Federação de futebol.

A imprensa esportiva mexicana sentiu falta do nome de Javier Aquino na lista. O volante do Villarreal ficou fora da Copa, apesar de ter acompanhado o time tricolor, carinhosamente chamado Tri pelos mexicanos, em 18 partidos da eliminatória. Aquino foi um dos 18 jogadores que venceram o Brasil nos Jogos de Londres de 2012 para levar a medalha de ouro. Oito jogadores dessa seleção estarão presentes no Brasil (Jesús Corona, Carlos Salcido, Héctor Herrera, Marco Fabián, Oribe Peralta, Giovani de los Santos, Raúl Jiménez e Diego Reyes). “Procuro uma equipe que tenha posse de bola e que seja poderosa no físico”, disse Herrera na conferência.

Herrera também deu uma oportunidade a Javier Chicharito Hernández, o atacante que não viu muita ação com a sua equipe, o Manchester United. Chicharito ficou devendo na eliminatória, onde o México passou muitos apertos e finalmente se classificou depois de uma repescagem contra a Nova Zelândia. Sete jogadores de clubes europeus fazem parte desta equipe. A surpresa que não foi tão surpresa assim era que incluísse Carlos Vela, o atacante da Real Sociedad que passa por um grande momento e que tinha dito publicamente seu desinteresse de fazer parte da seleção. “É quem está no seu melhor momento na Europa, mas um grupo é mais forte que um indivíduo”, limpou o técnico ante as perguntas da imprensa.

A equipe se despedirá da torcida mexicana no próximo 28 de maio no estádio Azteca, onde jogará um partido contra Israel. Dia 31 jogará nos Estados Unidos contra o Equador. Dia 13 de junho debutará no mundial contra Camarões, no dia 17 jogará contra os anfitriões e fechará sua participação na fase de grupos jogando contra a Croácia dia 23. Herrera e seus jogadores têm pela frente uma meta que o México não consegue desde 1986: jogar a quinta partida.

Lista de jogadores convocados

Goleiros:

  • Jesús Corona (Cruz Azul)
  • Guillermo Ochoa (Ajaccio, FRA)
  • Alfredo Talavera (Toluca)

Defesas:

  • Paul Aguilar (América)
  • Andrés Guardado (Bayer Leverkusen, ALE)
  • Miguel Layún (América)
  • Rafa Márquez (León)
  • Héctor Moreno (Espanyol, ESP)
  • Diego Reyes (Porto, POR)
  • Francisco Rodríguez (América)
  • Carlos Salcido (Tigres)

Meio-campistas:

  • Isaac Brizuela (Toluca)
  • Enquadramento Fabián (Cruz Azul)
  • Juan Carlos Medina (América)
  • Carlos Peña (León)
  • José Juan Vázquez (León)
  • Héctor Herrera (Porto)
  • Luis Montes (León)

Atacantes:

  • Giovani dois Santos (Villarreal)
  • Javier Hernández (Manchester United)
  • Raúl Jiménez (América)
  • Oribe Peralta (Santos)
  • Alan Pulido (Tigres)