As obras modestas dominam as indicações ao prêmio Tony

“A Gentleman's Guide to Love and Murder” e “Hedwig and the Angry Inch” lideram as indicações. Destaque para a ausência de Daniel Radcliffe e Denzel Washington

Os atores Jonathan Groff e Lucy Liu anunciam os nominados ao prêmio Tony.
Os atores Jonathan Groff e Lucy Liu anunciam os nominados ao prêmio Tony. (EFE)

Para os entendidos, a principal conclusão que pode ser tirada das indicações deste ano aos prêmios Tony, que consagram as melhores peças de teatro e musicais da Broadway, é que as produções mais modestas e Shakespeare se impuseram a Hollywood. Muitos atores renomados ficaram de fora das indicações anunciadas na terça-feira. Talvez a ausência mais surpreendente seja a de Daniel Radcliffe, que foi aclamado pela crítica pela sua interpretação em The Cripple of Inishmaan e que continua sendo ignorado pelo Tony. Outros artistas conhecidos que haviam recebido boas críticas, mas que também ficaram de fora são Denzel Washington (A Raisin in the Sun), Patrick Stewart (Esperando Godot) e James Franco (Of Mice and Men). E protagonizar o espetáculo mais visto no segundo semestre do ano passado não adiantou muito para o casal Daniel Craig e Rachel Weisz, já que Betrayal não disputará nenhuma categoria da premiação.

Nesta 68ª edição do Tony, cuja cerimônia será em 8 de junho, dois musicais modestos aclamados pela crítica lideram as indicações, o que, de certa forma, pode ser considerado pouco surpreendente. A Gentleman's Guide to Love and Murder, uma comédia cheia de humor negro na qual um homem luta com oito descendentes para garantir uma herança, concorre em 10 categorias. Em segundo lugar, com oito indicações, está Hedwig and the Angry Inch, uma montagem musical da obra independente de John Cameron Mitchel presente nos circuitos mais alternativos. Com sete indicações, Noite de Reis, de Shakespeare, e os musicais Beautiful e After Midnight, que presta homenagem ao mundo do jazz. No entanto, a versão ambiciosa da Broadway de Aladdin, um clássico da Disney, que tentava repetir o sucesso de O Rei Leão, em 1998, não atingiu as expectativas e recebeu apenas cinco indicações.

A Gentleman's Guide to Love and Murder, com resultados modestos nas bilheterias, concorre ao prêmio de melhor musical novo, juntamente com Aladdin, Beautiful e After Midnight. E tem, também, três atores indicados a prêmios (Bryce Pinkham, Jefferson Mays e Lauren Worsham). Já Hedwig and the Angry Inch concorre com Os Miseráveis e Violet na categoria de melhor reestreia em Nova York.

Na categoria de teatro não-musical, a reestreia de Noite de Reis, de William Shakespeare, disputará com o drama racial A Raisin in the Sun e The Cripple and Inishmaan, na qual aparece Radcliffe. A peça de Shakespeare também recebeu indicações para quatro de seus atores, entre eles o extraordinário Stephen Fry.

Na categoria de estreia de uma obra dramática, a peça que recebeu mais indicações foi Act One, com cinco. Outra indicação de destaque é a da atriz Audra McDonald, que depois de ganhar cinco prêmios Tony concorre pela primeira vez na categoria de atriz principal pela sua interpretação em Lady Day at Emerson Bar & Grill.

Talvez a exceção às indicações de rostos conhecidos seja a do ator e cineasta Woody Allen pela sua adaptação de Bullets over Broadway, que concorre a seis prêmios técnicos, mas não o de melhor musical. Essa ausência será compensada, em parte, pelo apresentador da cerimônia de entrega do Tony, o ator australiano Hugh Jackman.

Arquivado Em: