Morre Vujadin Boškov, criador do lema “futebol é futebol”

O sérvio, de 82 anos, foi técnico do Real Madrid entre 1979 e 1982 e conseguiu uma Liga e duas Copas do Rei

Boškov com Mijatović durante um treinamento em 2000.
Boškov com Mijatović durante um treinamento em 2000.reuters

O sérvio Vujadin Boškov, antigo técnico entre outros times do Real Madrid e do Sampdoria italiano, faleceu aos 82 anos na cidade italiana de Gênova, segundo informa o site do Vojvodina de Novi Sad, clube sérvio no qual começou e desenvolveu a maior parte de sua trajetória como futebolista.

Boškov, que nasceu em 16 de maio de 1931 em Begeč,próximo a Novi Sad, treinou o Real Madrid entre 1979 e 1982, clube com o qual conquistou uma Liga dos Campeões e duas copas do Rei. Na Espanha também foi técnico do Zaragoza e do Sporting de Gijón, e técnico da seleção da Iugoslávia em duas etapas. Ainda comandou o Feyenoord holandês, o Roma e o Nápoles italiano e o Servette Suíço. Como jogador foi sub-campeão olímpico com a Sérvia em Helsinki, em 1952. E, além de tudo, o criador do lema "futebol é futebol".

Seu maior sucesso foi à frente do Sampdoria, equipe que conduziu ao título da Recopa Europeia em 1999. A Cidade Esportiva do Vojvodina leva seu nome e será ali seu funeral, na próxima terça-feira.