Seleccione Edição
Login

Estreante na literatura, a atriz Fernanda Torres participará da FLIP 2014

Lançado em novembro do ano passado, seu primeiro romance - 'Fim' - já vendeu 100.000 cópias

Estreante na literatura, a atriz Fernanda Torres participará da FLIP 2014

A atriz carioca Fernanda Torres, que lançou seu primeiro romance - Fim - no ano passado, será uma das participantes da Festa Literária Internacional de Paraty, a FLIP 2014, que ocorre na cidade de Paraty, no Rio de Janeiro, de 30 de julho a 03 de agosto.

Embora Torres já seja uma veterana nas letras, pois escreveu diversas colunas em alguns veículos da imprensa brasileira, seu livro Fim, lançado pela Companhia das Letras em novembro do ano passado, é a estreia da atriz e filha de Fernanda Montenegro na literatura. Desde o lançamento, Fim já vendeu 100.000 cópias.

"Jamais imaginei que conseguiria dar conta de um romance, que chegasse, algum dia, perto da literatura", disse a atriz ao El País, em uma entrevista no final do ano passado. Para este ano, Torres quer ver uma história de terror que ela mesma escreveu para o cinema tomar corpo, além de editar um livro de crônicas que ainda não foi publicado e se dedicar à literatura. "Gostaria de ler Moby Dick, Lolita e Anna Karenina, que nunca li", disse.

FLIP 2014

A cada ano, a Festa Literária Internacional de Paraty presta homenagem a algum escritor. Neste ano, o carioca, dramaturgo, editor e artista gráfico Millôr Fernandes (1923 - 2012) será o homenageado.

Além disso, alguns nomes da literatura internacional farão parte da programação do evento, entre eles, o escritor russo Vladímir Sorókin, que, em entrevista a este veículo, disse que vê a Rússia de hoje "mergulhada em um isolamento comparável ao do final do século 16", quando o Estado russo foi fundado. Na FLIP, Sorókin vai lançar a peça teatral Dostoiévski-trip.

Além de Sorókin, já estão confirmados o israelense Etgar Keret, o norte-americano Michael Pollan, o suíço Joël Dicker, o peruano Daniel Alarcón, o chileno Jorge Edwards, a argentina Graciela Mochkofsky e o mexicano Juan Villoro.