Seleccione Edição
Login

Putin já é um homem divorciado

O Kremlin anuncia a finalização do processo de separação legal do presidente russo e de sua mulher

Putin e sua ex-mulher, Lyudmila, em foto de 2011. Ampliar foto
Putin e sua ex-mulher, Lyudmila, em foto de 2011. Getty Images

O processo de divórcio entre o presidente da Rússia, Vladimir Putin, e sua mulher, Liudmila, foi concluído, dez meses depois que ambos comparecessem ante as câmeras para anunciar sua separação de mútuo acordo.

O porta-voz do Kremlin Dimitri Peskov confirmou à imprensa o fim do procedimento, segundo informa a rede de televisão britânica BBC. Putin, de 61 anos, e sua mulher ficaram casados por três décadas e têm duas filhas em comum.

Até a semana passada, o presidente russo figurava oficialmente como casado, apesar de que o casal presidencial reconhecera em junho de 2013 que decidia ter vidas separadas. "Foi uma decisão conjunta, mal nos víamos", disse então o mandatário, enquanto sua mulher apontou que seguiriam em contato depois de seu "civilizado" divórcio.