Murdoch se reconcilia com seu filho mais velho e abre o caminho para a sucessão

O magnata da comunicação nomeia Lachlan co-presidente da NewsCo e da 21st Century Fox Ele renunciou em 2005 por supostas desavenças com a já ex-mulher de seu pai Promove também a seu filho James a co-diretor operativo da empresa de televisão e cinema

Rupert Murdoch, com seu filho Lachlan em julho de 2013.
Rupert Murdoch, com seu filho Lachlan em julho de 2013.Daniel Acker (Bloomberg)

Começa a ser definida a carreira para a sucessão de Rupert Murdoch. E pelos últimos acontecimentos, parece que o eleito é seu filho Lachlan, que volta à cúpula executiva com força depois de sete anos de hiato. Na boca de seu pai, o mais velho dos herdeiros é o que tem a "energia" e a "sensibilidade" para levar adiante o império de meios, que nhá menos de um ano se separou em duas unidades de negócios independentes. Lachlan Murdoch acaba de ser nomeado co-presidente não executivo da News Corporation e da 21st Century Fox.

Rupert Murdoch tem 83 anos, motivo pelo qual é lógico que comece a definir o plano sucessório. Antes de estourar o caso das escutas ilegais no Reino Unido, o nome que soava com mais força era o de James Murdoch. Mas suas opções vieram abaixo pelo escândalo sem que ele fosse de todo separado do gerenciamento. Na nova estrutura executiva, James chega a posição de co-diretor de operações da 21st Century Fox, a companhia mais valiosa ao integrar todas as empresas do negócio de entretenimento. A outra unidade do grupo concentra os meios impressos e digitais. Lachlan tem 42 anos. James, um a menos.

A decisão de colocar a Lachlan no posto de co-presidente é visto como a reconciliação definitiva entre pai e filho. O potencial sucessor do patriarca abandonou os trabalhos executivos no conglomerado em 2005, pese que então não era visto como favorito. James, por sua vez, era até agora diretor operativo adjunto de 21st Century Fox e presidente e conselheiro delegado de sua divisão internacional. Faz dois anos demitiu como presidente de BSkyB pela investigação parlamentar. Agora compartilhará o cargo com Chase Carey. Mas até que a sucessão não esteja definida, será Rupert Murdoch quem terá o controle total como presidente executivo.

News Corporation partiu-se em dois em junho diante da pressão dos investidores, que não queriam que o negócio editorial fosse prejudicado pelo entretenimento. Em um comunicado, Rupert Murdoch explica que esta nomeação deve ser entendida como uma "mostra de confiança" para as oportunidades de crescimento que tem precisamente a companhia que concentra os meios impressos e a comunicação digital. Neste sentido, destaca "a visão estratégica" e o "conhecimento" que tem Lachlan para o expandir. Até agora, o conselheiro tinha se dedicado principalmente ao fundo de investimento Illyria, na Austrália.

A separação de News Corporation foi anunciada dois dias antes de que Rupert Murdoch rompesse com sua terceira mulher, Wendi Deng. O patriarca é o maior acionista das duas companhias através do trust familiar, o veículo que controla além disso a maioria dos direitos de voto. Qualquer decisão sobre a direção futura deve passar antes por ele. Lachlan Murdoch, nascido em Londres e educado em Nova York, trabalhará agora com a equipe de gerenciamento para desenvolver a estratégia global e definir a agenda corporativa, tanto no âmbito dos investimentos tecnológicos como da expansão geográfica.

Arquivado Em: