Coluna
Artigos de opinião escritos ao estilo de seu autor. Estes textos se devem basear em fatos verificados e devem ser respeitosos para com as pessoas, embora suas ações se possam criticar. Todos os artigos de opinião escritos por indivíduos exteriores à equipe do EL PAÍS devem apresentar, junto com o nome do autor (independentemente do seu maior ou menor reconhecimento), um rodapé indicando o seu cargo, título académico, filiação política (caso exista) e ocupação principal, ou a ocupação relacionada com o tópico em questão

Presidente da Transição

A mudança de uma ditadura para uma democracia pluralista, tantas vezes frustrada na Espanha, deve-se ao trabalho dele

Os ex-presidentes Felipe González e Adolfo Suárez em um ato oficial de 2002.
Os ex-presidentes Felipe González e Adolfo Suárez em um ato oficial de 2002.EFE

Adolfo Suárez foi o presidente da transição democrática da Espanha. A mudança de uma ditadura a uma democracia pluralista, tantas vezes frustrada em nosso país, deve-se ao trabalho dele.

Suas qualidades para o diálogo e o compromisso, a partir da força de sua liderança, foram essenciais para que o país tivesse conseguido a convivência em liberdade mais importante de nossa história.

Compartilhei com ele muitos momentos chave de nossa história e uma amizade que superava as discrepâncias lógicas no pluralismo das ideias. Tenho uma lembrança que não se apaga de sua pessoa e de sua tarefa. Quero manifestar a sua família meus sentimentos de pesar e respeito nestes momentos de dor.

Mais informações
A impressão imborrable da valentia, por JOSÉ LUIS R. ZAPATERO
Rajoy sublinha o caminho que marcou Suárez: “A solidariedade entre espanhóis”
Um homem de Estado em frente às bayonetas, por JUAN LUIS CEBRIÁN
O político mais solitário da democracia, por SOLEDAD GALLEGO-DÍAZ
O tampado da democracia, por ANTONIO ELORZA

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS