Acidente de trem na Espanha

A Polícia Científica reconstrói o acidente com um trem em Santiago de Compostela

Uma reconstrução infográfica mostra o descarrilamento do último dia 24 de julho que deixou 79 pessoas mortas no noroeste da Espanha

A Polícia Científica contribuiu com as investigações do acidente do trem Alvia, em Santiago de Compostela (noroeste da Espanha) com uma reconstrução realizada por seu departamento de infografia forense. O descarrilamento, ocorrido no último dia 24 de julho, deixou 79 pessoas mortas.

MAIS INFORMAÇÕES

A reconstrução foi feita com algumas imagens até então inéditas das câmeras de segurança que ficam ao longo da linha Ourense-Santiago, mas reconstrói apenas a saída do trem envolvido no acidente da estação ourensana e os últimos dois minutos da viagem, desde o momento em que o maquinista, Francisco José Garzón, recebe o telefonema do controlador do trem que supostamente provocou sua distração e fez com que se esquecesse de frear a tempo.

A reconstrução é aproximada, já que algumas imagens estão reduzidas e não coincidem temporariamente com os sons e atividades registrados pela caixa preta do trem. A reconstrução também justapõe imagens sobre uma mesma cena, como a aproximação do Alvia à curva de Angrois, que originalmente seria captadas por várias câmeras de forma simultânea.