A FIFA legitima a vitória da África do Sul contra a Espanha no amistoso da Copa

O organismo internacional reconheceu o resultado pese às sete mudanças realizadas pela seleção espanhola durante o jogo, que está acima do permitido

Os jogadores da África do Sul comemoram o gol.
Os jogadores da África do Sul comemoram o gol.

A FIFA confirmou nesta quinta-feira a legitimidade do amistoso entre África do Sul e Espanha, que se disputou em 19 de novembro no Soccer City de Johannesburgo, com vitória dos 'Bafana Bafana' por 1-0. Pese à polêmica surgida pelas sete mudanças realizadas pelos jogadores de Vicente del Bosque ao invés das seis permitidas por jogo, o que poderia anulá-lo, o órgão afirma que continua investigando toda a informação existente sobre este acontecimento, mas que a partida não fica anulada por isso.

"A FIFA atesta que o amistoso África do Sul-Espanha é uma partida internacional de categoria 'A', apesar da Espanha ter supostamente ultrapassado o máximo de seis mudanças que as leis do jogo estipulam", indicou o organismo em um comunicado.

O órgão reitor do futebol mundial considerou que os dois times estavam de acordo com "as condições do jogo" e que apresentaram "a documentação necessária" antes do começo da partida para confirmar sua categoria 'A'.

"Neste contexto, África do Sul não sofrerá nenhuma consequência negativa por ter aderido às condições estabelecidas", acrescentou a FIFA. "Quanto ao suposto incidente sobre a Espanha superando o máximo de seis mudanças, a FIFA está atualmente analisando a informação que tem ao seu dispor para avaliar os possíveis seguintes passos", adverte.