Areia prateada

Dupla de vôlei de praia Ágatha e Bárbara perdem a final olímpica para alemãs por dois sets a zero

Olimpiadas vôlei de praia feminino Agatha e Barbara
Ágatha e Bárbara recebem a prata. AP

Quando a Rio 2016 começou, uma dupla brasileira de vôlei de praia feminino era tida como favorita para ganhar o torneio. Larissa e Talita foram eliminadas pela dupla norte-americana Walsh e Ross na disputa pelo terceiro lugar, contudo. E coube às estreantes em jogos olímpicos Ágatha e Bárbara representar o Brasil no pódio da modalidade. Depois de surpreender e vencer a até então invicta em olimpíadas Walsh na semifinal, Ágatha e Bárbara não resistiram ao bom voleibol das alemãs Ludwig e Walkenhorst, que conquistaram a medalha de ouro na madrugada desta quinta-feira com uma vitória de dois sets a zero.

"A gente sempre se imaginou no pódio. É lógico que a gente queria a medalha de ouro, mas ter uma medalha de prata em casa é mágico. É um momento único", celebrou Ágatha em entrevista ao canal Sportv após a partida. Apesar de estarem estreando em jogos olímpicos, Ágatha e Bárbara estão juntas desde 2011 e são a dupla mais longeva em atividade no circuito brasileiro. Assim como muitos dos atletas que ganharam medalhas na Rio 2016, as duas são sargentos da Marinha e, por meio desse vínculo, recebem apoio para treinamento.

"Eu fico muito emocionada, choro quando estou triste e quando estou feliz", disse Bárbara. "É difícil realizar o quanto o atleta se entrega em prol dos objetivos, de representar um país. Eu estava me sentindo muito honrada de participar de um torneio dessa magnitude em casa. O Brasil está de parabéns por sediar uma olimpíada", elogiou a jogadora. Esta medalha de prata foi muito suada. Eu e a Ágatha valorizamos muito o que a gente construiu durante quase seis anos juntas. Muita entrega, muita dedicação. Nossa equipem merecia essa medalha", completou.

Minutos antes da final, Larissa e Talita perderam o bronze para a dupla norte-americana Walsh e Ross, que completaram a foto do pódio. No mesmo momento, a seleção masculina de vôlei disputava contra a Argentina uma vaga na semifinal olímpica. Os argentinos deram trabalho, mas não foram páreo para os donos da casa, que fecharam o jogo em três sets a um. O Brasil agora pega a Rússia na sexta-feira por uma vaga na final. Antes, na madrugada de quinta para sexta-feira, Alison e Bruno disputam o ouro do vôlei de praia masculino.

MAIS INFORMAÇÕES