Crítica
i

O dilema social das redes... e da Netflix

Novo documentário alerta do perigo das plataformas digitais dispostas a qualquer coisa para ganhar nosso tempo e nossos dados

“Não canta e nem dança. Não percam”. Assim Lola Flores era apresentada em 1953 pelo crítico do The New York Times. O Dilema das Redes, o novo documentário da Netflix dirigido por Jeff Orlowski, não é um bom filme e não é um rigoroso exercício jornalístico, mas como La Faraona, não se deve deixar de vê-lo. É verdade que a parte dramática do documentário é uma vergonhosa história familiar com tantos clichês que faria um filme da sessão da tarde de domingo parecer cinema de qualidade e que as entrevistas dão mui...

Mais informações