Pandemia de coronavírus

Neymar, Di María e Paredes, do PSG, positivos para o coronavírus, segundo jornal L’Equipe

O time parisiense se junta à lista de equipes afetadas por surtos da covid-19

Neymar e Di María, antes da final da Champions.
Neymar e Di María, antes da final da Champions.MANU FERNANDEZ / AFP

Mais informações

A propagação do coronavírus nos vestiários em todo o mundo continua a avançar. Desta vez chegou a nomes ilustres da Liga dos Campeões: Neymar, Di María e Paredes estão infectados. O PSG relatou em uma declaração nesta quarta-feira que três de seus jogadores haviam testado positivo no PCR, exame que detecta o RNA do vírus, e o jornal L’Equipe confirmou o nome do brasileiro e dos argentinos como os infectados. A equipe parisiense já aplicou o protocolo sanitário e os três jogadores foram isolados para evitar novos contágios.

A próxima partida do PSG seria no dia 10 de setembro, visitando o Lens, às 21h, na segunda rodada da Ligue 1. A equipe treinada por Thomas Tuchel foi dispensada do primeiro dia em que disputou a final da Liga dos Campeões no último dia 23 de agosto. Inicialmente, a partida contra o Lens havia sido marcada para 29 de agosto, mas o PSG solicitou um adiamento e as autoridades concederam até quinta-feira, 10 de outubro. Para adiar a partida novamente, são necessários quatro casos positivos nos oito dias que antecedem a partida.

Os três jogadores coincidiram em seu destino de férias após a Liga dos Campeões: Ibiza. Outros companheiros de equipe, como o espanhol Ander Herrera, o ex-jogador do Real Madrid Keylor Navas, e Mauro Icardi, também aproveitaram a pausa na ilha antes de sua estreia na Ligue 1. Ibiza é um dos destinos preferidos dos jogadores de futebol nas férias. Em julho, antes do início da final da Liga dos Campeões, vários jogadores de destaque como Lionel Messi e Luis Suarez também foram vistos na ilha. O jornal francês considera que Ibiza é uma área “onde o coronavírus está circulando ativamente”, pois tem 518 casos ativos, sendo 32 confirmados nas últimas 24 horas.

O time parisiense se junta à lista de equipes afetadas por surtos de coronavírus, em uma semana na qual dois positivos foram confirmados na seleção espanhola. Mikel Oyarzabal e Adama Traoré deixaram o treinamento após saberem de seu resultado positivo, o que forçou o treinador Luis Enrique a modificar a equipe que jogará contra a Alemanha amanhã às 20h45 em Stuttgard. Outra equipe que foi afetada recentemente é Cádiz. Nesta terça-feira, o time confirmou o resultado positivo de dois jogadores e um membro da equipe técnica, apenas 48 horas após ter jogado um amistoso contra o Espanyol. Os andaluzes farão sua estreia no retorno à primeira divisão no próximo 12 de setembro contra Osasuna.

Mais informações