Ciência

As imagens mais baixadas da NASA

Nebulosas, supernovas, sistemas estelares e galáxias em um par de cliques

NASA

A NASA (agência espacial dos Estados Unidos) acumula desde 1958 milhares de imagens e fotos do espaço sideral em seus arquivos.

O site da agência foi atualizado há alguns anos para que ficasse mais acessível, pondo a um par de cliques de distância milhares de fotos incríveis, em alta resolução, procedentes de seus diversos centros de pesquisa. Nebulosas, supernovas, sistemas estelares, galáxias, a primeira viagem à Lua... Advertimos que esta biblioteca é viciante e que você pode passar o dia inteiro navegando nela, sobretudo porque é possível filtrar por palavras-chave, datas ou viagens espaciais. Em sua conta do Twitter, com mais de dois milhões de seguidores, também podem ser vistas interessantes imagens e toda a atualidade da agência.

Connie Moore, pesquisadora-chefe de fotografia da NASA durante 30 anos e grande conhecedora desses arquivos fotográficos, apontava em um artigo no Google Arts and Culture quais foram as imagens mais solicitadas quando ela estava a cargo do arquivo. Algumas continuam despertando a mesma curiosidade apesar da passagem dos anos. O EL PAÍS fez uma seleção das imagens mais baixadas do site. A ordem de popularidade varia a cada dia, mas estas se mantêm entre as campeãs de downloads.

1. Vista da Terra

É uma das imagens mais detalhadas da Terra já feitas até hoje. Chama-se Blue Marble Earth (“Terra bola de gude azul”) e foi feita com uma superposição de imagens do instrumento Visir, a bordo do satélite Suomi NPP. Na foto, o Hemisfério Norte é visto com riqueza de detalhes. Connie Moore diz que essa imagem de 2012 foi vista mais de seis milhões de vezes na conta do Flickr da NASA.

2. Blazar

Trata-se de uma fonte de energia muito compacta e altamente variável, associada a um buraco negro. À medida que a matéria cai em direção ao buraco negro supermaciço no centro da galáxia, parte dela se acelera para fora quase à velocidade da luz, ao longo de vários jorros ou jatos que apontam em direção oposta. Quando um destes jatos aponta para a Terra a galáxia parece especialmente brilhante.

3. Auroras na atmosfera de Júpiter

Graças ao telescópio Hubble, os cientistas puderam descobrir estes fenômenos de luz na atmosfera do maior planeta do sistema solar. As auroras se produzem quando as partículas de alta energia estão perto dos polos magnéticos de um planeta e colidem com átomos de gás.

4. Vista da Terra da Lua

Em julho de 1969 a nave Apollo 11 captou uma das imagens mais célebres do acervo da NASA. Nela a Terra aparece se erguendo sobre o horizonte da Lua. Um ano antes, tripulantes da Apollo 8 haviam feito uma foto semelhante a partir do satélite natural, que ficou conhecida como Earthrise (“nascer da Terra”).

5. A espada do Orion

Esta imagem foi feita pelo telescópio espacial Spitzer. Mostra a nebulosa de Orion, considerada pela NASA como a "fábrica maciça de estrelas mais próxima da Terra". É uma das nebulosas mais brilhantes que existem, razão pela qual pode ser vista perfeitamente no céu noturno. As nebulosas são formadas por grandes nuvens de poeira e gás.

6. Primeiro passeio pelo espaço

Em 1965, o astronauta Edward H. White II, piloto do voo espacial Gemini-Titan 4, tornou-se a primeira pessoa a caminhar no espaço. Permaneceu fora da nave por 21 minutos, conectado à nave por um cabo umbilical de sete metros. Dois anos depois, em 27 de janeiro de 1967, White morreu no incêndio da Apollo/ Saturno 204 no Cabo Kennedy.

7. A montanha mística

O telescópio espacial Hubble captou em 2010 esta formação de gás e poeira na nebulosa de Carina. Esta imagem foi escolhida para celebrar os 20 anos do Hubble.

8. Vistas únicas da Via Láctea

Para celebrar o Ano Internacional da Astronomia, em 2009, produziu-se este trio de imagens da região central da nossa galáxia. Isto foi possível graças ao trabalho combinado dos grandes observatórios da NASA, o telescópio espacial Hubble, o telescópio espacial Spitzer e o Observatório de Raios-X Chandra.

9. Aldrin caminha sobre a superfície lunar

Em 20 de julho de 1969, o astronauta Edwin E. Aldrin, piloto do módulo lunar, caminha sobre a superfície do satélite durante a atividade externa da Apollo 11. A imagem foi tomada pelo também astronauta Neil Armstrong.

10. Andrômeda

Criada pela NASA Galaxy Evolution Explorer, a imagem mostra a galáxia Andrômeda, a mais maciça do grupo local de galáxias que inclui a Via Láctea.

11. Buraco negro

Esta imagem gerada por computador mostra um buraco negro supermaciço no núcleo de uma galáxia.

12. Solo de Marte

Tirada em 1997, a foto mostra o solo e a atmosfera do planeta vermelho.

13. A Terra e a Lua

Durante seu voo, a sonda Galileo, da NASA, devolveu imagens da Terra e a Lua que foram combinadas para criar esta.

14. Lua

A sonda Galileo registrou esta imagem da Lua em 7 de dezembro de 1992, no seu trajeto para explorar Júpiter.

15. Nebulosa Helix

Sua forma de olho gigante e suas cores vivas fizeram dela uma das nebulosas mais conhecidas. Esta imagem em infravermelho da nebulosa Helix foi tirada pelo Telescópio Spitzer da NASA.

Arquivado Em: