Seleccione Edição
Login
manifestacion barcelona contra juicio del proces
Manifestação contra o julgamento do 'próces', em Barcelona. AFP

A manifestação em Barcelona contra o julgamento dos líderes separatistas, em imagens

12 fotos

A polícia de Barcelona calcula que 200.000 pessoas participaram da manifestação na capital catalã contra julgamento dos 12 acusados como mentores do 'procés', o processo independentista da região

  • Milhares de separatistas catalães marcham em Barcelona no começo da noite deste sábado para pedir a inocência dos políticos presos e mostrar sua rejeição ao julgamento dos 12 líderes independentistas acusados de traição.
    1Milhares de separatistas catalães marcham em Barcelona no começo da noite deste sábado para pedir a inocência dos políticos presos e mostrar sua rejeição ao julgamento dos 12 líderes independentistas acusados de traição. AP
  • Os manifestantes sustentam um cartaz que diz "Prisioneiros políticos livres", durante o protesto contra o julgamento dos líderes separatistas catalães.
    2Os manifestantes sustentam um cartaz que diz "Prisioneiros políticos livres", durante o protesto contra o julgamento dos líderes separatistas catalães. AFP
  • Manifestantes sustentam fotos dos políticos presos acompanhados de uma imagem de Puigdemont, líder catalão que optou pelo autoexílio na Bélgica.
    3Manifestantes sustentam fotos dos políticos presos acompanhados de uma imagem de Puigdemont, líder catalão que optou pelo autoexílio na Bélgica. AP
  • Sob o lema "a autodeterminação não é um crime", o presidente da Generalitat, Quim Torra (no centro da foto), e o presidente do Parlamento, Roger Torrent, lideraram a marcha junto a entidades e partidos políticos independentistas.
    4Sob o lema "a autodeterminação não é um crime", o presidente da Generalitat, Quim Torra (no centro da foto), e o presidente do Parlamento, Roger Torrent, lideraram a marcha junto a entidades e partidos políticos independentistas. REUTERS
  • Manifestantes carregam cartazes com as fotos dos presos políticos acusados de traição.
    5Manifestantes carregam cartazes com as fotos dos presos políticos acusados de traição. REUTERS
  • Alguns dos manifestantes usavam máscara de palhaço e portavam cartazes em inglês que pediam liberdade para os presos.
    6Alguns dos manifestantes usavam máscara de palhaço e portavam cartazes em inglês que pediam liberdade para os presos. REUTERS
  • A marcha tomou todo o trecho da Plaza de la Universitat, onde o palco está localizado, até a Plaza de España, em Barcelona, e foi muito além das previsões dos organizadores.
    7A marcha tomou todo o trecho da Plaza de la Universitat, onde o palco está localizado, até a Plaza de España, em Barcelona, e foi muito além das previsões dos organizadores. REUTERS
  • Com a mobilização, os independentistas esperam que seja a primeira "grande manifestação" contra a causa judicial que continuará com uma greve geral na próxima quinta-feira e uma manifestação em Madri no dia 16 de março.
    8Com a mobilização, os independentistas esperam que seja a primeira "grande manifestação" contra a causa judicial que continuará com uma greve geral na próxima quinta-feira e uma manifestação em Madri no dia 16 de março. REUTERS
  • Já enchiam a parte de trás do palco, o percurso estava cheio e praticamente não se podia avançar. Os manifestantes traziam retratos dos prisioneiros, cartazes em favor da autodeterminação ou com frases que diziam "Agora eles julgam a todos".
    9Já enchiam a parte de trás do palco, o percurso estava cheio e praticamente não se podia avançar. Os manifestantes traziam retratos dos prisioneiros, cartazes em favor da autodeterminação ou com frases que diziam "Agora eles julgam a todos". REUTERS
  • Antes do início do protesto, Quim Torra pediu ao governo espanhol para ouvir os cidadãos. "Você não pode governar a Espanha sem ouvir a Catalunha", disse ele, fazendo um pedido à comunidade internacional para intervir e mediar o conflito.
    10Antes do início do protesto, Quim Torra pediu ao governo espanhol para ouvir os cidadãos. "Você não pode governar a Espanha sem ouvir a Catalunha", disse ele, fazendo um pedido à comunidade internacional para intervir e mediar o conflito. AFP
  • A polícia de Barcelona calculou a participação na marcha de cerca de 200.000 pessoas, enquanto os organizadores falam em 500.000.
    11A polícia de Barcelona calculou a participação na marcha de cerca de 200.000 pessoas, enquanto os organizadores falam em 500.000. EFE
  • Milhares de pessoas participam neste sábado na Gran Vía de Barcelona da manifestação para mostrar sua rejeição ao julgamento contra os 12 líderes independentistas.
    12Milhares de pessoas participam neste sábado na Gran Vía de Barcelona da manifestação para mostrar sua rejeição ao julgamento contra os 12 líderes independentistas. REUTERS