O universo feminino de Botero

botero Ver galeria de fotos

FERNANDO BOTERO é um desses artistas cujo traço até as crianças são capazes de reconhecer. Já se deixa ver pouco, tem 86 anos, e a produção deste escultor e pintor colombiano, um dos mais reconhecidos da segunda metade do século XX, baixou seu habitual ritmo frenético. Mas o prestigioso selo Artika, especializado em livros de arte, lança As mulheres de Botero, uma viagem pelo universo feminino —o grande tema de seu prolífica obra— através de 45 desenhos nos quais elas são as protagonistas, acompanhados de trechos de contos escritos por Botero nos anos oitenta.

Trata-se de uma edição limitada, revisada pelo próprio artista, que é em si mesma uma escultura com forma de mulher. A embalagem foi feita em relevo e traz dois volumes: O Livro de arte, com os citados 45 desenhos, e o Livro de estudos, que permite ao leitor aprofundar-se no mundo íntimo do autor, em sua existência volumosa e exuberante, como as formas que definem seu universo criativo, o boterismo, esse estilo de traço arredondado e sinuoso, identificável à primeira vista.