Seleccione Edição
Login

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018

De Moscou e São Petersburgo à elitista Sochi ou à cidade natal de Kant

Doze estádios de 11 cidades — Moscou, Samara, Kaliningrado, Kazan, Nijni Novgorod, Rostov-na-Donu, São Petersburgo, Saransk, Sochi, Volgogrado e Ekaterimburgo — espalhadas entre o Cáucaso e o Mar Báltico sediarão, entre 14 de junho e 15 de julho, a Copa do Mundo 2018.

1. Moscou

Metrópole de mais de 12 milhões de habitantes com um dos metrôs mais suntuosos do mundo. Essencial: a boêmia Rua Arbat, o Parque Gorky, a extraordinária Galeria Tretyakov e o Museu Pushkin. E a imensa Praça Vermelha, emoldurada pelos muros do Kremlin, a Catedral de São Basílio, o edifício do Museu de História e o centro de compras GUM.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

2. São Petersburgo

Além de sua beleza arquitetônica, a antiga capital imperial dos czares permite acompanhar os principais eventos da história do século XX, em lugares como o Palácio de Inverno, onde há pouco mais de um século eclodiu a revolução bolchevique e abriga desde então o museu Ermitage, um dos mais importantes do mundo.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

3. Kaliningrado

A antiga e alemã Königsberg onde nasceu o filósofo Immanuel Kant. Visitas: Museu do Mundo do Oceano e Museu do Âmbar.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

4. Nijny Novgorod

Conhecida como Gorky na era soviética, fica a menos de quatro horas de trem de Moscou. Essencial: seu Kremlin, uma imponente fortaleza do século XVI com quatro portões e 13 torres, e a escadaria Chkalovskaya, em forma de oito e com 560 degraus à beira do Volga.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

5. Volgogrado

A antiga Stalingrado se estende por 65 quilômetros na margem direita do rio mais longo da Europa. Reduzida a escombros na Segunda Guerra Mundial, foi reconstruída no mais puro estilo stalinista, uma espécie de neoclassicismo monumental.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

6. Ekaterimburgo

Cidade mineradora e industrial onde os revolucionários bolcheviques executaram o czar Nicolau II e sua família. Essencial: Igreja da Catedral do Sangue Derramado, construída no local onde a família Romanov foi assassinada; o museu Geomineral, com uma coleção única de rochas e minerais; a Casa Sevastyanov (foto), um luxuoso palacete kitsch e o cemitério dos mafiosos.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

7. Sochi

Sochi é uma popular estância de férias na costa nordeste do Mar Negro, a única cidade da Rússia com clima subtropical.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

8. Rostov-na-Donu

Capital dos cossacos do Rio Don, a casta guerreira que defendeu as fronteiras da Rússia durante séculos. Para visitar: a fortaleza Liventsovskaya, passeio fluvial e o monumento ao Prêmio Nobel de Literatura Mikhail Sholokhov, autor de O Plácido Don, que nasceu perto dali.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

9. Saransk

A capital da república russa de Mordóvia é a menor sede, e tem como epicentro a Praça Sovetskaya, onde serão instalados os telões da FanFest para acompanhar os jogos ao vivo.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

10. Samara

Com pouco mais de um milhão de habitantes, Samara é o principal centro da indústria aeroespacial russa. O que ver: o bunker subterrâneo de Stalin, o monumento à nave espacial Soyuz 1 (a do primeiro voo espacial tripulado) e o parque natural de Jigulevskie.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

11. Kazan

A capital do Tartaristão (1,2 milhão de habitantes), localizada na confluência dos rios Volga e Kazanka. Essencial: o seu Kremlin, reconhecido como Patrimônio Mundial da Unesco.

As 11 cidades da Rússia sedes da Copa do Mundo 2018
Getty Images

MAIS INFORMAÇÕES