Seleccione Edição
Login

PSG e família de Neymar discordam sobre operação do jogador

O atacante, que sofreu uma fissura no quinto metatarso do pé direito, teme perder a Copa do Mundo se jogar a volta da Champions contra o Real Madrid

Neymar, no domingo após a lesão
Neymar, no domingo após a lesão AFP

O tornozelo direito de Neymar está resignado a duas forças. Seu entorno familiar, de acordo com o site Globoesporte, quer submetê-lo a uma cirurgia para curar a fissura do quinto metatarso. O PSG, o clube que pagou 821 milhões de reais pela sua contratação, quer “esperar alguns dias”, ver como a lesão evolui, e decidir.

Se de fato Neymar tem o que foi colocado no relatório médico, entorse de ligamento e fissura no quinto metatarso, perderá pelo menos os próximos dois meses de competição. É isso que afirmam os traumatologistas consultados por uma das lesões ósseas mais comuns do futebol.

O site Globoesporte, que entrou em contato com a família de Neymar, informou na manhã de terça-feira que o jogador será operado. O tratamento, de acordo com essa versão, obrigará o atleta a perder o jogo de volta da Champions contra o Real Madrid, na próxima terça. A versão do porta-voz do PSG não confirma a informação: “Ainda não há nada decidido”.

"A informação sobre a operação de Neymar é falsa", disse o treinador Unai Emery nesta terça-feira. "Hoje, depois dos últimos exames, é mais difícil dizer que ele vai jogar contra o Real Madrid. Está mais perto do não do que do sim, mas não está descartado. Ele está ansioso para jogar, teremos que ver a evolução de sua lesão" .

A intervenção cirúrgica nesses casos prevê a soldagem da fissura com pinos. De acordo com Alfonso del Corral, traumatologista do Real Madrid por duas décadas, "a cirurgia é a opção que oferece mais garantias". O médico afirma que "o tratamento conservador, que também leva cerca de dois meses, registra uma alta porcentagem de casos de recaída". Del Corral não recomenda nenhuma infiltração para adiar a cura: "Se é verdade que tem uma fissura, seria completamente descartado jogar, deveria ser operado o mais rápido possível". Fazer a infiltração seria um erro porque a fissura poderia se mover e causar uma fratura".

De acordo com o Globoesporte, Neymar pretende garantir sua participação na Copa do Mundo na Rússia, curando o osso da maneira mais efetiva possível. Ele torceu o tornozelo durante a partida de sua equipe, o Paris Saint-Germain, no domingo passado contra o Olympique de Marselha. Caiu no chão contorcendo-se de dor e precisou ser retirado de maca pelos auxiliares médicos.

“O brasileiro sofreu uma entorse ântero-externa do tornozelo direito, mas os exames também revelaram a existência associada de uma fissura no quinto metatarso”, explicou o sucinto comunicado médico feito às 23h31 (19h31 de Brasília) da noite de segunda-feira na página oficial do PSG.

MAIS INFORMAÇÕES