Seleccione Edição
Login
Slava, um meteorologista perdido no Ártico
10 fotos

Slava, um meteorologista perdido no Ártico

Ele nasceu em um barco e sempre quis viver pelo mar. Vyacheslav Korotki, mais conhecido como 'Slava', passou mais de 13 anos na solidão de uma estação meteorológica remota do Ártico, na Rússia, medindo temperaturas, chuvas e ventos. A fotógrafa Evgenia Arbugaeva quebrou seu silêncio em 2014, quando chegou por helicóptero carregada de laranjas, champanhe e um pássaro.

  • Slava caminha em direção ao velho farol próximo à estação meteorológica de Khodovarikha para retirar a madeira que cobre suas paredes e a usar como lenha.
    1Slava caminha em direção ao velho farol próximo à estação meteorológica de Khodovarikha para retirar a madeira que cobre suas paredes e a usar como lenha.
  • Slava conversa com Khesa, seu papagaio, em 2014.
    2Slava conversa com Khesa, seu papagaio, em 2014.
  • Mar de Barents visto do camarote do barco Mikhail Somov, que se aproxima da península de Russkiy Zavorot.
    3Mar de Barents visto do camarote do barco Mikhail Somov, que se aproxima da península de Russkiy Zavorot.
  • O rádio de Slava na estação meteorológica de Khodovarikha.
    4O rádio de Slava na estação meteorológica de Khodovarikha.
  • O meteorologista fazendo medições. Nebulosidade de 10 pontos, altocúmulos, visibilidade de 4 quilômetros. Temperatura: 20 graus baixo de zero. Umidade relativa: 83%. Vento nordeste de 12 metros por segundo, com rajadas de até 14 ms, sem precipitação.
    5O meteorologista fazendo medições. Nebulosidade de 10 pontos, altocúmulos, visibilidade de 4 quilômetros. Temperatura: 20 graus baixo de zero. Umidade relativa: 83%. Vento nordeste de 12 metros por segundo, com rajadas de até 14 m/s, sem precipitação.
  • Às vezes, durante as longas noites polares, Slava constrói casas com palitos de fósforo para passar o tempo.
    6Às vezes, durante as longas noites polares, Slava constrói casas com palitos de fósforo para passar o tempo.
  • No escritório, Slava escreve em seu diário os dados recolhidos após ter realizado as medições no exterior.
    7No escritório, Slava escreve em seu diário os dados recolhidos após ter realizado as medições no exterior.
  • Observatório abandonado em Kotelniy.
    8Observatório abandonado em Kotelniy.
  • Uma tarde tranquila vista da antiga sauna.
    9Uma tarde tranquila vista da antiga sauna.
  • Slava em seu barco feita à mão no mar de Barents, próximo à estação meteorológica.
    10Slava em seu barco feita à mão no mar de Barents, próximo à estação meteorológica.

MAIS INFORMAÇÕES