Editoriais
i

México responde a Trump

Milhares de mexicanos enviam uma mensagem inequívoca ao presidente dos Estados Unidos

Manifestantes participam da marcha contra a política de Donald Trump.
Manifestantes participam da marcha contra a política de Donald Trump.Mario Guzmán (EFE)

Mais informações

As manifestações maciças em diversas cidades do México contra a política de Donald Trump são uma boa amostra da hostilidade indignada que o novo presidente dos Estados Unidos vem despertando em relação a seu país devido ao caráter agressivo e xenófobo de suas declarações, propostas e medidas. O fato de a classe média da nação que – ao lado do Canadá e do Reino Unido – tem a mais estreita relação com os Estados Unidos sair às ruas para responder aos ataques gratuitos e intolerantes do inquilino da Casa Branca deveria fazer Trump refletir sobre o inaudito isolamento ao qual pretende conduzir seu país.

As dezenas de milhares de mexicanos que expressavam seu profundo descontentamento com Trump estão cobertas de razão. Desde que anunciou sua decisão de concorrer à presidência dos Estados Unidos, Trump não fez mais do que faltar com o respeito a seus vizinhos lançando contra eles demagógicas acusações coletivas. E com apenas algumas semanas no cargo é o responsável direto por uma importante queda de investimentos na indústria automobilística no México. Não precisou construir seu famoso muro para causar um prejuízo econômico e humano real ao México.

Enrique Peña Nieto, como presidente da República, deve estar consciente do apoio que os representantes legítimos do México receberam para manter uma postura firme ante os ventos pouco amigáveis que sopram de Washington. Uma atitude que seja interpretada como submissa pela opinião pública pode dar asas a uma reação populista que alimentará uma espiral contra o sistema. A resposta a Trump não pode ser outro populismo. Se o presidente dos Estados Unidos quer alimentar um antiamericanismo que lhe sirva de pretexto, o melhor é não seguir o jogo dele. A mentalidade de cassino de Trump precisa ser respondida com política.