Seleccione Edição
Login

Os 25 anos da queda da URSS, em imagens

Em 8 de dezembro de 1991, em uma casa de campo, o russo Boris Yeltsin (já falecido), o bielorrusso Stanislav Shushkevich e o ucraniano Leonid Kravchuk deram o golpe de misericórdia contra a URSS

  • Uma imagem de 10 de julho de 1991 mostra o líder soviético Mikhail Gorbachev cumprimentando o novo presidente russo, Boris Yeltsin, depois de sua posse, em Moscou.
    1Uma imagem de 10 de julho de 1991 mostra o líder soviético Mikhail Gorbachev cumprimentando o novo presidente russo, Boris Yeltsin, depois de sua posse, em Moscou. AFP
  • O então presidente dos EUA, George Bush, e seu homólogo soviético, Mikhail Gorbachev, realizam uma conferência de imprensa após uma reunião bilateral de dois dias sobre o desarmamento, em 31 de julho de 1991, em Moscou. Gorbachev disse posteriormente que Bush já havia alertado sobre um possível problema de segurança, semanas antes do golpe de 1991.
    2O então presidente dos EUA, George Bush, e seu homólogo soviético, Mikhail Gorbachev, realizam uma conferência de imprensa após uma reunião bilateral de dois dias sobre o desarmamento, em 31 de julho de 1991, em Moscou. Gorbachev disse posteriormente que Bush já havia alertado sobre um possível problema de segurança, semanas antes do golpe de 1991. AFP
  • O presidente russo, Boris Yeltsin, de pé em cima de um veículo militar diante do edifício da Federação Russa, em uma imagem de 19 de agosto de 1991. Atrás dele, várias pessoas seguram uma bandeira da Federação Russa. Yeltsin se dirige à multidão para convocar uma greve geral após o golpe de Estado contra o líder soviético Mikhail Gorbachev.
    3O presidente russo, Boris Yeltsin, de pé em cima de um veículo militar diante do edifício da Federação Russa, em uma imagem de 19 de agosto de 1991. Atrás dele, várias pessoas seguram uma bandeira da Federação Russa. Yeltsin se dirige à multidão para convocar uma greve geral após o golpe de Estado contra o líder soviético Mikhail Gorbachev. AFP
  • Um grupo de cidadãos russos recolhe panfletos lançados ao ar em frente à Casa Branca Russa, no centro de Moscou, em 19 de agosto de 1991.
    4Um grupo de cidadãos russos recolhe panfletos lançados ao ar em frente à Casa Branca Russa, no centro de Moscou, em 19 de agosto de 1991. AFP
  • Dois cidadãos russos se aproximam de uma banca para comprar um jornal com a manchete “Anúncio ao povo soviético” por parte dos líderes do golpe, em 20 de agosto de 1991, em Moscou.
    5Dois cidadãos russos se aproximam de uma banca para comprar um jornal com a manchete “Anúncio ao povo soviético” por parte dos líderes do golpe, em 20 de agosto de 1991, em Moscou. AFP
  • Jovens se sentam sob uma bandeira russa em uma barricada diante da Casa Branca Russa, no coração de Moscou, na madrugada de 20 de agosto de 1991.
    6Jovens se sentam sob uma bandeira russa em uma barricada diante da Casa Branca Russa, no coração de Moscou, na madrugada de 20 de agosto de 1991. AFP
  • Um soldado do Exército soviético sai de seu tanque em frente à Casa Branca Russa durante o Golpe de Agosto, na madrugada de 20 de agosto de 1991.
    7Um soldado do Exército soviético sai de seu tanque em frente à Casa Branca Russa durante o Golpe de Agosto, na madrugada de 20 de agosto de 1991. AFP
  • Cidadãos russos se reúnem em frente à Casa Branca Russa, em Moscou, à espera de notícias sobre a situação política após a tentativa de golpe de Estado, em 21 de agosto de 1991.
    8Cidadãos russos se reúnem em frente à Casa Branca Russa, em Moscou, à espera de notícias sobre a situação política após a tentativa de golpe de Estado, em 21 de agosto de 1991. afp
  • Cidadãos em frente a uma barricada de ônibus em Moscou, cenário onde, na noite anterior, haviam ocorrido confrontos entre partidários e opositores do golpe, em 21 de agosto de 1991.
    9Cidadãos em frente a uma barricada de ônibus em Moscou, cenário onde, na noite anterior, haviam ocorrido confrontos entre partidários e opositores do golpe, em 21 de agosto de 1991. AFP
  • Uma imagem de 21 de agosto de 1991 mostra o líder soviético Mikhail Gorbachev durante sua primeira aparição pública após a tentativa de golpe. Atrás dele, o vice-presidente russo Alexander Rutskoi.
    10Uma imagem de 21 de agosto de 1991 mostra o líder soviético Mikhail Gorbachev durante sua primeira aparição pública após a tentativa de golpe. Atrás dele, o vice-presidente russo Alexander Rutskoi. AFP
  • O presidente russo, Boris Yeltsin, em uma foto de 22 de agosto de 1991. Cumprimenta um membro da equipe de um tanque, que segura uma bandeira russa em frente ao parlamento, em Moscou.
    11O presidente russo, Boris Yeltsin, em uma foto de 22 de agosto de 1991. Cumprimenta um membro da equipe de um tanque, que segura uma bandeira russa em frente ao parlamento, em Moscou. AFP
  • O presidente Boris Yeltsin interrompe um discurso do líder soviético Mikhail Gorbachev, em 23 de agosto de 1991, durante uma sessão do parlamento. Gorbachev havia retornado a Moscou menos de um dia após o golpe de Estado fracassado.
    12O presidente Boris Yeltsin interrompe um discurso do líder soviético Mikhail Gorbachev, em 23 de agosto de 1991, durante uma sessão do parlamento. Gorbachev havia retornado a Moscou menos de um dia após o golpe de Estado fracassado. AFP
  • Milhares de pessoas participam do funeral das vítimas da tentativa de golpe em frente à Casa Branca Russa, em 24 de agosto de 1991. Entre 19 e 22 agosto de 1991, tanques marcharam em Moscou em direção ao parlamento, onde Boris Yeltsin, então líder da República russa, se refugiara depois do anúncio de golpe.
    13Milhares de pessoas participam do funeral das vítimas da tentativa de golpe em frente à Casa Branca Russa, em 24 de agosto de 1991. Entre 19 e 22 agosto de 1991, tanques marcharam em Moscou em direção ao parlamento, onde Boris Yeltsin, então líder da República russa, se refugiara depois do anúncio de golpe.
  • Uma bandeira russa é hasteada diante de uma multidão de cidadãos que participam dos funerais das vítimas do golpe em frente à Casa Branca de Moscou, em 24 de agosto de 1991.
    14Uma bandeira russa é hasteada diante de uma multidão de cidadãos que participam dos funerais das vítimas do golpe em frente à Casa Branca de Moscou, em 24 de agosto de 1991. AFP