NASA flagra aurora boreal em um dos polos de Júpiter

Agência espacial divulgou as imagens do fenômeno feitas com o telescópio 'Hubble'

Imagem da aurora boreal em Júpiter, obtida a partir do telescópio 'Hubble'.ATLAS (atlas)

A NASA divulgou nesta sexta-feira um belíssimo registro feito uma aurora boreal gigante em um dos polos de Júpiter. As imagens do fenômeno foram captadas graças ao telescópio espacial Hubble (HTS por suas siglas em inglês), que orbita ao redor da Terra. Em Júpiter, diferentemente da Terra, a aurora boreal ocorre quando partículas carregadas penetram a atmosfera do planeta gasoso, na região dos seus polos magnéticos. 

As imagens foram registradas poucos dias antes da chegada histórica da sonda Juno a este corpo celeste. A sonda espacial foi lançada ao espaço em 2011, do Centro Espacial Kennedy (Flórida), para estudar o planeta maior do Sistema Solar.

A chegada da nave aos arredores do planeta está prevista para as 20h35 do dia 4 de julho (horário da Califórnia; 1h35 do dia 5 pela hora de Brasília). Começará então a orbitar Júpiter a fim de estudá-lo durante um pouco menos de dois anos.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: