Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

Michelle Obama se une à moda do Snapchat

De olho no público jovem, primeira dama dos EUA publica vários vídeos de sua agenda por dia

Snapchat Michelle Obama
Capturas do Snapchat de Michelle Obama, nas quais a primeira dama do EUA aparece ao lado do apresentador James Corden.

Primeiro foi o Twitter, depois o Instagram e agora o Snapchat. Michelle Obama tem consciência de que para chegar aos mais jovens precisa da rede social do momento, uma plataforma leve que permite a seus usuários determinar o tempo para uma publicação seja assistida.

Segundo anunciou na terça-feira, dia 22 de junho, na Casa Branca, a primeira dama dos Estados Unidos abriu um perfil no Snapchat para envolver os jovens depois de sua viagem pela Libéria, Marrocos e Espanha, que ocorrerá de 27 de junho a 1 de julho —e na qual estará acompanhada por suas duas filhas e sua mãe—, assim como suas futuras atividades. Até o momento, em seu primeiro dia publicou vários vídeos de suas atividades diárias, e uma chamou a atenção acima de todas.

Michelle subiu no carro do apresentador James Corden para ser a protagonista de um dos famosos Carpool Karaoke, um dos espaços do programa Late Late Show que tem muita repercussão nas redes e no YouTube, onde os vídeos são vistos por milhões de pessoas. A primeira dama se une assim a uma lista de copilotos que inclui desde Julia Roberts e George Clooney até cantores como Elton John, Adele, Chris Martin (Coldplay), Steve Wonder e Jennifer Lopez. O que não transcendeu até agora é qual vai ser o repertório selecionado por Obama enquanto circulam pelas ruas de Washington nem o dia de exibição do programa.

Não é a primeira vez que a primeira dama participa de um programa de grande audiência da televisão norte-americana, já tendo visitado as bancadas de Ellen DeGeneres e Jimmy Fallon.

Com sua nova conta do Snapchat, a Casa Branca quer dar “aos jovens de todo o mundo uma maneira divertida” de acompanhar a viagem da primeira dama, focada em promover sua iniciativa Let Girls Learn (Deixemos que as meninas aprendam), lançada em março de 2015 com o objetivo de dar acesso à educação a 62 milhões de meninas e adolescentes em todo o mundo que não vão à escola.

Fã das redes sociais, com sua nova conta Michelle Obama quer tornar-se mais conhecida entre a chamada geração millenial, que poderá acompanhar atividades “entre fronteiras” nos próximos meses, momento crucial para os Estados Unidos, já que o país está mergulhado na corrida presidencial.

A Casa Branca entrou em janeiro passado no Snapchat dentro de uma estratégia digital com a qual tenta aproximar as políticas do presidente Barack Obama da geração mais jovem por meio de uma rede social que conta com mais de 100 milhões de usuários diários.

MAIS INFORMAÇÕES