Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

‘Calchemise’: a camisa com roupa de baixo incorporada que arrasa na França

Se no berço da moda a roupa funciona, deve ser porque essa vestimenta surge disposta a fazer parte do armário masculino

‘Calchemise’: a camisa com roupa de baixo incorporada que arrasa na França

Da Place de Vendôme até Montmartre os olhares são de assombro. O que é essa roupa tão incomum usada pelos garçonnes? É uma camisa? Um macacão masculino? Um maiô do começo do século XX? Nenhuma das anteriores. Nasceu a calchemise. Essa nova tendência que já é um sucesso de vendas na França quer dar a volta ao mundo. E se no berço da moda a roupa funciona, deve ser porque essa vestimenta surge disposta a fazer parte do armário masculino.

Foi batizada de “Extravagância dissimulada” pelos franceses, e seu nome comercial é composto da união de Caleçon (Cueca, roupa de baixo) + Chemise (camisa). Se os bodies estão arrasando no armário feminino, o homem do século XXI também não usará a camisa para fora da calça (sem a necessidade de usar cinto). Além da extravagância de mostrar as pernas de fora, a calchemise é uma roupa prática que combinada com calças é indetectável.

‘Calchemise’: a camisa com roupa de baixo incorporada que arrasa na França

O visionário engenheiro Simon Fréour teve a brilhante ideia de juntar as duas roupas – no começo de 2009 – quando estudou o problema de deixar as camisas no lugar certo sem saírem do lugar. Muitos pensarão que é um macacão feminino que mudou de gênero, mas seja como for, conquistou as ‘rues’ e pretende fazer o mesmo nas ruas espanholas.

“Clássico, elegante, hipster... a calchemise se adapta a todos os estilos”, afirma o criador dessa peculiar invenção. E com essa premissa, superou todas as expectativas. Com um preço que varia entra 50 e 65 euros (205 a 267 reais), a calchemise já conseguiu triplicar seus objetivos de vendas.

‘Calchemise’: a camisa com roupa de baixo incorporada que arrasa na França

Agora só nos perguntamos: Embaixo ou em cima? Vamos imaginar advogados, empresários e executivos combinando nesse verão a calchemise com sapatos elegantes e maletas, andando por cada uma das regiões da capital. Por que é preciso tapar uma parte dessa roupa tão original? Arriscado? Pensem em Tom Hardy dessa forma. Se os elásticos da cueca estão esgarçados, simplesmente abotoe bem a calchemise.

MAIS INFORMAÇÕES