Helen Mirren: “Chorei quando percebi que jamais seria avó”

Atriz admite que já se arrependeu de não ter tido filhos, assunto às vezes considerado tabu

Helen Mirren numa entrevista no final de 2015.
Helen Mirren numa entrevista no final de 2015.Armando Gallo

Uma referência entre a chamada geração NoMo (termo criado a partir da expressão Not Mothers, em referência às mulheres que optaram por não ser mães), a atriz britânica Helen Mirren, 70 anos, admitiu já ter lamentado não ter tido filhos. “Nunca tive um só momento de arrependimento por não ter tido filhos. Bem, minto. Quando vi o filme O Tiro Que Não Saiu Pela Culatra [1989], chorei por uns 20 minutos” confessou a atriz, em entrevista ao jornal The Sunday Times. “Por toda a história sobre ser um pai, e como isso nunca acaba, mesmo quando você é avó. Percebi que jamais experimentaria isso.”

Mais informações

Na entrevista, publicada pelo jornal no domingo (dia 27), a atriz afirmou adorar crianças. “São muito graciosas e meigas, mas nunca as quis para mim”. E contou que chorou sem parar durante aqueles 20 minutos ao se dar conta de tudo o que estava perdendo. “Mas depois me recompus e fiquei feliz outra vez.”

O tema, considerado por ela e por muitas mulheres ainda como um tabu, não foi o único assunto pessoal sobre o qual se atreveu a falar. Mirren, envolvida atualmente na promoção do filme Decisão de Risco, também relembrou a morte de seu irmão Peter Mirren, vítima de câncer de pele em 2002. “Ele [que também era ator] estava nas Filipinas rodando um filme. Lá eles não têm câncer de pele; se estivesse na Austrália, estaria vivo agora”, afirmou ela, convicta e triste.

Em uma radical mudança de assunto, também se arriscou a falar de política e da monarquia. Disse ser contra a saída do Reino Unido da União Europeia revelou ainda não gostar da realeza, mas sim de Elizabeth II, por quem nutre uma simpatia que talvez decorra do fato de já ter interpretado a rainha britânica em papéis que lhe valeram o Oscar, o Globo de Ouro, o Bafta e o Prêmio do Sindicato dos Atores. E surpreendeu ao revelar ter uma queda pelo príncipe Charles. “Será um grande rei, embora, infelizmente, não por muito tempo.”

Prestes a completar 71 anos, a atriz continua trabalhando em ritmo frenético. Em fevereiro, protagonizou uma propaganda da Budweiser transmitida no intervalo do Super Bowl. Nesses valiosos instantes – um anúncio de 30 segundos custa 4,5 milhões de dólares nesse dia –, Mirren falava sobre as consequências de dirigir depois de beber.

Recentemente, foi vista em Trumbo, no papel de Hedda Hopper; está divulgando Decisão de Risco e já roda seu próximo filme, Collateral Beauty, num elenco que inclui também Will Smith, Keira Knightley e Kate Winslet.

Mais informações